Thomas Samson|AFP
Thomas Samson|AFP

'Essa experiência vai ser importante para mim', diz, motivada, Teliana

Brasileira perde de Serena Williams, mas quer tirar lições

Estadão Conteúdo

26 de maio de 2016 | 15h28

Teliana Pereira viveu um misto de felicidade e frustração em Roland Garros. Ao mesmo tempo em que comemorou avançar pela segunda rodada do Grand Slam parisiense pelo terceiro ano seguido, a brasileira deu o azar de ficar cara a cara com a norte-americana Serena Williams. E aí veio outro sentimento misto: a tristeza da derrota e o orgulho do protagonismo momentâneo.

"Saio daqui motivada e sabendo que essa experiência vai ser importante pra mim. Claro que estou decepcionada, mas tenho que olhar pelo lado positivo de ter tido essa experiência, encarar a realidade e seguir adiante", comentou ela, depois da derrota por 2 sets a 0 (6/2 e 6/1) nesta quinta-feira.

O duelo, como esperado, foi dominado pela melhor do mundo. "Não foi fácil, mas consegui jogar bem em vários momentos. É complicado jogar contra uma tenista assim, especialmente por ter sido a primeira vez. A gente não sabe muito o que esperar. Mas foi uma grande oportunidade no torneio que eu mais amo que é Roland Garros."

Em 81.º lugar no ranking da WTA, Teliana Pereira deve precisar do convite destinado ao país-sede para estar nos Jogos Olímpicos do Rio. Após Roland Garros, ela volta ao Brasil para se preparar visando Wimbledon.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.