Tênis agita comunidade de Paraisópolis

Uma festa na favela. É o que promete a Bovespa na comemoração dos seus 113 anos. O aniversário será marcado com investimentos na área social e a inauguração neste domingo de uma quadra poliesportiva na comunidade de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, batizada de Alcides Procópio, um dos maiores nomes da história do tênis e figura inesquecível do esporte brasileiro. O bolo de aniversário será dividido em 360 pedaços, número de crianças que participarão da primeira fase de aprendizado e treinamento no esporte, com aulas de tênis, futebol, basquete e handebol. As inscrições não privilegiam ninguém e será feita por ordem de chegada. Os melhores irão ganhar bolsas de estudo e todos terão acompanhamento escolar. Todo o material, como raquetes e bolinhas serão fornecidos gratuitamente pela academia Wilton Tennis, da família do inesquecível Alcides Procópio. Na comemoração todos irão ganhar. A comunidade terá um espaço esportivo da Bovespa e neste domingo a festa vai distribuir comidas bebidas, alegria e uma oportunidade de aprendizado de esportes normalmente restritas a clubes fechados. Os alunos terão ainda acompanhamento nutricional e médico. Para dar ainda mais um bom exemplo, a festa terá um jogo exibição entre dois ex-profissionais de sucesso no tênis: Júlio Góes e Givaldo Barbosa. Ambos, hoje profissionais de respeito, começaram no tênis como pegadores de bola até aprenderem os segredos da modalidade, que agora ensinam com maestria. Como a quadra é poliesportiva, um craque do basquete também vai mostrar seu segredos e habilidades: Amauri Passos, que dará aulas de street basket, uma espécie de iniciação ao basquete, esporte que pode revelar grandes jogadores em Paraisópolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.