Tênis: presidente vai deixar a Confederação

O presidente da Conferação Brasileira de Tênis (CBT), Nelson Nastás, vai deixar a entidade. De acordo com nota oficial divulgada no início da tarde pela entidade, o dirigente decidiu antecipar as eleições para maio e teria se comprometido a não se apresentar como candidato. Além disso, segundo a emissora, Nastás vai apelar para que Gustavo Kuerten, André Sá e Flávio Saretta disputem a repescagem da Copa Davis, contra o Paraguai, marcada para o período de 9 a 11 de abril. O presidente teria prometido ainda deixar para os jogadores a tarefa de escolher o capitão da equipe.A decisão do dirigente é conseqüência da maior crise do tênis brasileiro nos últimos anos. Contrariados com a decisão da CBT de substituir Ricardo Acioly por Jaime Oncins no cargo de capitão da equipe na Davis, os principais jogadores do país resolveram boicotar a competição. Nos próximos dias a CBT deverá ratificar o nome do novo técnico da equipe e definir os jogadores que deverão enfrentar Paraguai. O prazo de inscrição termina no dia 30.

Agencia Estado,

17 de março de 2004 | 12h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.