Tenista argentino suspenso por doping

O tenista argentino Juan Ignacio Chela, de 21 anos, foi condenado a três meses de suspensão e teve confiscados os pontos acumulados no ranking da Corrida dos Campeões, por uso de doping. A decisão foi anunciada hoje pelo Tribunal Antidopagem de Tênis depois de constatada a presença no organismo do atleta da substância metiltestosterona, umesteróide proibido. De acordo com o tribunal, o doping ocorreu no dia 7 de agosto de 2000, depois de uma partida válida pelo Master Series de Cincinnati (EUA). O jogador recorreu da decisão, alegando que havia ingerido a substância involuntariamente, através de vitaminas. Três especialistas reconheceram que o Chela ingeriu o produto ?sem conhecimento de seus efeitos? e por conta disso decidiram aplicar a pena mínima. Chela terminou a temporada de 2000 como o número 67 do ranking.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.