Tenista espanhola suspensa por doping

A tenista espanhola Lourdes Domínguez Lino foi suspensa por três meses pela Associação das Tenistas Profissionais (WTA), depois do antidoping ter apontado presença de cocaína em seu organismo. O exame na atleta de 21 anos, número 158 do ranking mundial, foi realizada no dia 1º de março, durante o Torneio de Acapulco, no México. ?A punição imposta serve de exemplo para as jogadoras. O doping não será tolerado em nosso circuito?, avisou o diretor-executivo da WTA, Kevin Wulff. Esse é o 9º caso na história do tênis profissional e apenas o terceiro entre as mulheres. Os outros dois foram com a norte-americana Samantha Reeves (nandrolona) e Larissa Neiland, da Letônia (cafeína).

Agencia Estado,

24 Agosto 2002 | 16h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.