Tenista gaúcho é morto por policial

O tenista gaúcho Thomas Engel, 15 anos, foi morto na madrugada deste domingo, em São Leopoldo, após ser atingido por um tiro de escopeta calibre 12 de um tenente da Brigada Militar. Ele chegou a ser levado com vida ao Hospital Centenário, mas não resistiu. Primeiro colocado no ranking gaúcho na categoria até 16 anos, Thomas foi enterrado à tarde no cemitério católico do bairro Hamburgo Velho. O tiro aconteceu quando Thomas e mais dois adolescentes estavam sendo revistados por policiais. A arma utilizada no crime foi apreendida, e os policiais foram afastados para a investigação das circunstâncias do disparo. "A corregedoria interveio imediatamente, e já estamos trabalhando para a investigação do caso", afirmou o major Tomazi.Leia mais sobre o caso

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.