Tenista Guillermo Cañas é assaltado em Buenos Aires

Os criminosos levaram documentos, cartões de crédito, dinheiro e o carro do atleta, uma Mercedes-Benz

EFE,

23 de setembro de 2008 | 13h54

O tenista argentino Guillermo Cañas foi assaltado na madrugada desta terça-feira quando chegava em sua casa, na localidade de Tapiales, nos arredores de Buenos Aires.Segundo a Polícia, três homens renderam o 56.º colocado no Ranking de Entradas da ATP e levaram documentos, cartões de crédito, dinheiro e seu carro, uma Mercedes-Benz.O assalto ocorreu dois dias após a Argentina garantir uma vaga na final da Copa Davis. No último fim de semana, Cañas fez parte da equipe que superou a Rússia, em Buenos Aires, pela semifinal do Grupo Mundial. Na decisão, os argentinos encaram os espanhóis.

Tudo o que sabemos sobre:
Guillermo CañastênisCopa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.