Anja Niedringhaus/AP
Anja Niedringhaus/AP

Thiago Alves perde de virada e está fora em Wimbledon

Depois de ótimo início de jogo, brasileiro caiu de produção, cansou e foi vencido pelo francês Gilles Simon

AE, Agencia Estado

25 de junho de 2009 | 12h37

O brasileiro Thiago Alves teve boas chances de conquistar sua segunda vitória em Wimbledon, nesta quinta-feira. Mas, depois de ótimo início de jogo, ele caiu de produção, mostrou cansaço e acabou derrotado pelo francês Gilles Simon por 3 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/3, 6/4 e 6/4, após 2h37min de confronto.

Veja também:

linkDavydenko e Roddick avançam

linkLleyton Hewitt derrota Del Potro e avança

linkKuznetsova passa fácil à terceira rodada

especialWIMBLEDON - Leia mais sobre o torneio

Alves, 118.º no ranking, chegou à partida como franco-atirador, diante do número 7 da lista da ATP e oitavo cabeça-de-chave no Grand Slam inglês. Sem responsabilidade, o brasileiro começou arrancando e levou o primeiro set sem quebras até o 11.º game, quando aproveitou as falhas do francês para fazer 6 a 5. Depois, fechou a parcial no game seguinte.

No segundo set, a partida continuou equilibrada. Quando o placar apontava 2 a 2, Alves teve duas chances para quebrar o saque do rival, mas não aproveitou. Foi então que Simon começou a reagir no jogo. Com uma quebra no sétimo game, o francês conseguiu fechar em 6/3.

O terceiro set começou bem para o brasileiro, que quebrou o serviço do adversário no quarto game e sacou com vantagem de 3 a 1. Então, Simon devolveu a quebra e depois confirmou seu saque para empatar a disputa. O sétimo colocado do ranking conseguiu nova quebra no sétimo game, abrindo 4/3.

Quando Simon sacava para fechar o set, com vantagem de 5 a 4, aconteceu o lance que complicou ainda mais a situação de Thiago Alves. Ao tentar pegar um smash do rival, ele chocou-se contra a parede e machucou o punho direito. Depois de ser atendido na quadra, voltou ao jogo, mas viu o rival fechar sem problemas.

No quarto set, o brasileiro voltou a começar bem. Depois de confirmar seu serviço, teve quatro chances de quebra no segundo game, mas não aproveitou. Simon voltou a crescer na partida. O francês quebrou o serviço de Alves no quinto game, abrindo vantagem.

No décimo game, quando Thiago Alves poderia sonhar com uma quebra para manter suas chances, Simon enterrou as chances do brasileiro. O francês disparou três aces - ao todo, fez 22 partida - e abriu 40 a 0. Alves ainda buscou reagir, ganhou dois pontos, mas uma bola para fora encerrou sua primeira participação na grama londrina.

Na terceira rodada do torneio, Simon terá pela frente o romeno Victor Hanescu, 28º do ranking, que passou fácil pelo francês Nicolas Devilder, com 6/2, 6/3 e 6/1. Em Roland Garros, Simon e Hanescu enfrentaram-se também na terceira rodada, com vitória do romeno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.