Thiago Alves perde e Brasil fica sem tenistas no Equador

Brasileiro cai diante do norte-americano Hugo Armando por 2 sets a 0 no challenger de Salinas

Agência Estado,

12 de março de 2008 | 21h59

O Brasil não tem mais representantes no torneio challenger de Salinas, no Equador, que tem premiação de US$ 35 mil (cerca de R$ 60 mil). Nesta quarta-feira, Thiago Alves, o único dos seis tenistas do País que chegou às oitavas-de-final, foi eliminado facilmente pelo norte-americano Hugo Armando por 2 sets a 0 - com parciais de 6/1 e 6/2. Atual número 233 do mundo, o brasileiro deve despencar ainda mais no ranking de entradas da ATP na próxima semana. Isso porque defendia pontos das quartas-de-final de Salinas e da segunda rodada do torneio de Bogotá, ganhos no ano passado. Ricardo Mello, Caio Zampieri, João Olavo Souza (Feijão), Júlio Silva e Franco Ferreiro foram eliminados ainda na primeira rodada. Os dois melhores brasileiros no ranking, o gaúcho Marcos Daniel e o paulista Thomas Bellucci, não jogam nesta semana.

Tudo o que sabemos sobre:
ATPThiago Alves

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.