Peter Foley / EFE
Peter Foley / EFE

Thiago Monteiro consegue virada na estreia em Adelaide e vai encarar Gael Monfils

Número 1 do Brasil bateu o japonês Yoshihito Nishioka por 2 a sets a 1 na chave principal do ATP 250 de Adelaide

Redação, Estadão Conteúdo

11 de janeiro de 2022 | 11h27

Após entrar na chave principal do ATP 250 de Adelaide como "lucky-loser", Thiago Monteiro conseguiu uma importante vitória de virada nesta terça-feira na estreia pelo torneio preparatório para o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada. O número 1 do Brasil e 88.º do mundo superou o japonês Yoshihito Nishioka, 99.º colocado, por 2 sets a 1 — com parciais de 1/6, 6/3 e 6/4, depois de 1 hora e 55 minutos de partida.

Monteiro também havia chegado às oitavas de final no primeiro torneio de Adelaide, disputado na semana passada. Seu próximo adversário será o francês Gael Monfils, principal cabeça de chave e número 19 do mundo. O histórico de confrontos entre eles está empatado por 1 a 1. Monfils foi campeão do primeiro torneio de Adelaide, encerrado no último domingo.

A campanha do tenista brasileiro em Adelaide está rendendo 26 pontos no ranking da ATP - são 20 pela vitória desta terça-feira e mais seis pela primeira vitória no qualifying. Se ele chegar às quartas de final, receberá mais 25 pontos. O cearense de 27 anos ganhou seis posições na lista divulgada na última segunda-feira.

"Foi um jogo longo e muito duro, mas consegui terminar de forma positiva. Não comecei muito bem, eu estava sacando muito abaixo e o Nishioka estava jogando num ritmo muito intenso também, bem agressivo e acertando boas bolas. Já no segundo, joguei um ritmo melhor e saquei melhor também. Acho que só perdi um ponto nos meus games de saque. Também encaixei boas devoluções e fiz algumas variações que deram bem certo. No terceiro foi mais equilibrado. Salvei um break point, ele também salvou, mas depois aproveitei uma chance de quebra e acabei fechando o jogo sem sofrer quebrar naquele set, o que foi ótimo", afirmou Monteiro.

Em Sydney

A primeira vitória de Andy Murray na temporada veio com uma boa atuação nesta terça-feira. Convidado para a disputa do ATP 250 de Sydney, em solo australiano, o britânico superou o norueguês Viktor Durasovic, 345.º do ranking, por 2 sets a 0 - parciais de 6/3 e 6/1, após 1 hora e 11 minutos.

Durante sua rápida apresentação em quadra, Murray exibiu alguns de seus melhores golpes, como drop-shots e lobs muito bem executados. O britânico disparou quatro aces e não enfrentou break points, permitindo apenas 11 pontos em seus games de serviço e só um quando colocou o primeiro saque em quadra.

Aos 34 anos, o ex-número 1 do mundo aparece atualmente no 135.º lugar do ranking. Ele vinha de uma eliminação na estreia do ATP 250 de Melbourne e vai receber 20 pontos na ATP por ter vencido em Sydney nesta terça-feira. Esta é a primeira vez que o britânico disputa o torneio.

O próximo adversário será o georgiano Nikoloz Basilashvili, 23.º do ranking e segundo cabeça de chave do torneio. O único duelo anterior entre eles aconteceu no ano passado, em Wimbledon, e o britânico venceu em quatro sets.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.