Ian Langsdon/EFE
Ian Langsdon/EFE

Thiago Monteiro perde para Marin Cilic e cai nas oitavas de final em Adelaide

Atual número 1 do Brasil é derrotado pelo croata por 2 sets a 0 no torneio preparatório para o Aberto da Austrália

Redação, Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2022 | 09h42

Depois de vencer na estreia, não deu mais para o tenista brasileiro Thiago Monteiro, atual número 1 do País, no ATP 250 de Adelaide, disputado em quadras rápidas e preparatório para o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada. Pelas oitavas de final, o cearense teve pela frente o croata Marin Cilic, que fez valer sua condição de cabeça de chave número 3 e levou a melhor no duelo triunfando em sets diretos, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3).

Apesar da derrota por 2 sets a 0, após quase duas horas, o jogo foi bastante equilibrado e definido em alguns pontos importantes. Afiado com o saque, terminando a partida com 16 aces e 75% de aproveitamento, Cilic levou a melhor nesses momentos, salvou os dois break-points que enfrentou e precisou converter apenas um dos sete que teve a seu favor.

Bem mais agressivo, o croata anotou quase o triplo de bolas vencedoras (34 a 13), que compensaram de longe os erros não forçados a mais (22 a 17). Ele também teve ótimo aproveitamento junto à rede (88%), vencendo 14 dos 16 pontos em que subiu para definir a jogada. No total de pontos, Cilic terminou com 77 contra 66 de Monteiro.

Classificado às quartas de final, o croata terá pela frente o sérvio Laslo Djere, que contou com a desistência do francês Corentin Moutet após o final do segundo set, quando o placar apontava empate de 4/6 e 7/5.

Em Melbourne

Depois de marcar o seu retorno ao circuito profissional com uma vitória nas duplas, o espanhol Rafael Nadal conheceu nesta quarta-feira o seu primeiro rival em simples no ATP 250 de Melbourne. Cabeça de chave 1 no torneio, entra direto na segunda rodada e vai estrear diante do lituano Ricardas Berankis.

Vindo do qualifying, Berankis manteve o embalo na chave principal e superou o americano Marcos Giron na primeira rodada, triunfando em sets diretos e com o placar final de 7/5 e 6/4. Apesar da vasta experiência no circuito profissional, acumulando mais de 250 partidas em nível ATP, o lituano enfrentará Nadal pela primeira vez.

Nadal não compete desde a queda nas oitavas de final no ATP 500 de Washington, nos Estados Unidos, no começo de agosto, afastado por causa de um problema no pé esquerdo, que dificulta os movimentos, além de causar dor. Diagnosticado com a síndrome de Müller-Weiss, doença degenerativa que evolui com deformidade do osso conhecido como Navicular, ele teve que passar por uma pequena cirurgia em setembro.

Em outros jogos do dia, a torcida australiana pôde comemorar uma vitória de Alexei Popyrin na primeira rodada. O anfitrião de 22 anos e 61.º do ranking estreou vencendo o italiano Stefano Travaglia por 7/6 (7/5) e 6/3 na Rod Laver Arena. Ele enfrenta o holandês Tallon Griekspoor nas oitavas de final.

Outro australiano a vencer na rodada foi Jordan Thompson, que superou o compatriota Christopher O'Connell por 1/6, 7/5 e 6/4. Thompson, de 27 anos e 75.º do ranking, enfrenta o finlandês Emil Ruusuvuori, 95.º colocado, que bateu o argentino Sebastian Baez por 7/6 (7/2) e 6/1.

Único cabeça de chave em quadra nesta quarta-feira, o francês Benoit Paire não confirmou a condição de quinto favorito no torneio. Ele abandonou quando perdia para o suíço Henri Laaksonen por 4/6, 6/3 e 5/2. Já o espanhol Jaume Munar superou o sul-africano Kevin Anderson, ex-Top 5, por duplo 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.