José Jácome/EFE
José Jácome/EFE

Thiago Monteiro recebe convite e disputa a chave principal do Brasil Open

Além dele e de Bellucci, Rogério Dutra Silva também está garantido no Brasil Open

Estadão Conteúdo

23 de fevereiro de 2018 | 18h42

O Brasil já tem garantido três tenistas na chave principal do Brasil Open, um ATP 250 que será realizado a partir desta segunda-feira em quadras de saibro no Complexo do Ibirapuera, em São Paulo. A organização do evento concedeu nesta sexta um convite para o cearense Thiago Monteiro.

Svitolina vence Kerber e faz final com russa que eliminou Muguruza em Dubai

Com a entrada direta de Thomaz Bellucci na chave principal após a desistência do checo Jiri Vesely, Thiago Monteiro recebeu o convite para disputar pela terceira vez consecutiva o torneio mais tradicional do Brasil. Além dele e de Bellucci, Rogério Dutra Silva também está garantido no Brasil Open.

"Estou muito feliz com essa notícia. Acabou saindo o 'wild card' de última hora com a entrada do Thomaz na chave. Agora é aproveitar essa oportunidade e agradecer à organização do evento por me proporcionar isso", comemorou Thiago Monteiro.

"Sem dúvida tem tudo para ser mais uma grande semana jogando mais um torneio em casa, com a torcida e com condições que são favoráveis para a gente", completou o tenista de 23 anos, que já está treinando no Ibirapuera para a chave principal.

Thiago Monteiro vem de um bom resultado no ATP 250 de Quito, no Equador, há duas semanas, quando atingiu as semifinais pela primeira vez em um torneio deste nível.

O outro convite ficou com o francês Corentin Moutet, de 18 anos, que é uma das promessas do circuito profissional. O canhoto é o atual número 145 do ranking de simples, foi Top 10 juvenil e vem em ascensão, tendo feito uma boa campanha em Quito, onde bateu o croata Ivo Karlovic e atingiu as quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.