Garrett Eliwood/USTA
Garrett Eliwood/USTA

Thiago Wild fatura US Open e se torna 2º brasileiro campeão juvenil de Grand Slam

Brasileiro de 18 anos derrota Lorenzo Musetti e se junta a Tiago Fernandes, campeão na Austrália em 2010

Estadão Conteúdo

09 Setembro 2018 | 15h02

Aos 18 anos, Thiago Wild fez história neste domingo no US Open. O brasileiro conquistou o título da chave juvenil do Grand Slam norte-americano, realizado em quadras duras em Nova York, ao derrotar na decisão o italiano Lorenzo Musetti por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/2, em 1 hora e 18 minutos.

Com a vitória deste domingo, Wild se tornou o segundo brasileiro a ser campeão da chave juvenil de um Grand Slam, se juntando a Tiago Fernandes, que em 2010 faturou o título do Aberto da Austrália.

Wild já havia conseguido um resultado relevante no sábado, quando se classificou à final ao derrotar o taiwanês Chun Tseng, que neste ano foi campeão juvenil de Roland Garros e Wimbledon, além de finalista do Aberto da Austrália, o que o deixa na condição de líder do ranking dos juvenis.

E embalado por esse expressivo triunfo, o paranaense começou com tudo a final deste domingo, tendo vencido a primeira parcial do jogo por 6/1, com dois de quatro break points convertidos. Só que Musetti reagiu no segundo set e triunfou ao também conseguir duas quebras de serviço por 6/2, impondo ao brasileiro apenas o segundo set perdido nas seis partidas de simples que participou nesta edição do US Open.

Para piorar a situação de Wild na decisão deste domingo, o italiano abriu 2/0 no começo da terceira parcial. Só que a resposta do brasileiro foi fulminante. Ele ganhou seis games consecutivos, com três quebras de serviço, para fechar a parcial em 6/2 e o jogo em 2 sets a 1, conquistando o título da chave juvenil do US Open para o tênis brasileiro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.