Alejandro Garcia/EFE
Alejandro Garcia/EFE

Thiem bate Nadal no saibro pela quarta vez e vai à final do ATP 500 de Barcelona

Austríaco elimina espanhol em dois sets e enfrentará russo neste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

27 de abril de 2019 | 15h58

O austríaco Dominic Thiem venceu o espanhol Rafael Nadal por 2 sets a 0, com um duplo 6/4, nas semifinais do Torneio de Barcelona, em quadras de saibro, e decidirá o ATP 500 neste domingo contra o russo Daniil Medvedev, que derrotou o japonês Kei Nishikori por 2 a 1 - com parciais de 6/4, 3/6 e 7/5 - no outro lado da chave.

Thiem esteve em grande forma neste sábado e chegou à sua quarta vitória sobre Nadal no saibro, considerado o rei deste tipo de quadra, atual número do ranking mundial da ATP. O triunfo também é uma vingança sobre o espanhol, que bateu o austríaco na final da edição de 2017 do torneio de Barcelona.

Com a vitória, Thiem impõe derrota a Nadal no saibro pelo quarto ano consecutivo. O austríaco venceu os duelos de Buenos Aires (2016), Roma (2017) e Madri (2018). Com isso, apenas Novak Djokovic tem mais triunfos sobre o espanhol no terreno. Líder do ranking, o sérvio bateu o rival em sete oportunidades.

Nadal chega à sua segunda eliminação consecutiva no saibro, já que perdeu a semifinal do Masters 1000 de Montecarlo para Fabio Fognini na semana passada. O italiano foi o campeão do torneio monegasco, superando o sérvio Dusan Lajovic na decisão.

Com as duas derrotas, Nadal perdeu a chance de conquistar o seu 12.º título em um mesmo torneio, feito ainda inalcançado por um tenista masculino profissional. A decepção em Barcelona foi ainda maior, já que o espanhol nunca perdera uma semifinal na competição catalã. Nas 22 partidas que fizera entre semi e final, tinha perdido apenas um set.

O reinado de Nadal no saibro, porém, voltou a ser interrompido neste sábado. No primeiro set, Thiem teve postura agressiva e foi bem em pontos decisivos. Ele quebrou o saque do espanhol no quinto game, contando com dupla falta do oponente no break-point. O número 2 do mundo ainda evitou quatro quebras no sétimo game, mas o austríaco sustentou a vantagem e fez 1 a 0.

O segundo set começou com games disputados e longos ralis. Entretanto, Thiem seguiu superior e forçou Nadal a salvar duas quebras de saque nos primeiros games. No quinto, porém, o espanhol nada pôde fazer: 3 a 2 para o austríaco.

Nadal ainda evitou quebra que seria decisiva no sétimo game, mas não pôde evitar o triunfo do rival. Com a vitória, Thiem vai em busca de seu 13.º título na carreira. Nesta temporada, o austríaco de 25 anos conquistou o Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, em cima do suíço Roger Federer.

Do outro lado da chave, Medvedev precisou de três sets para bater Nishikori. Ele só havia ganhado dois de 13 jogos no terreno até chegar ao Masters 1000 de Montecarlo, na semana passada. No torneio monegasco, venceu Djokovic e chegou à semi. Com os triunfos em Barcelona, o russo agora tem histórico de 8 a 1 no piso.

Medvedev é o tenista com mais vitórias no circuito profissional nesta temporada, com 25. Entretanto, o russo fez todas as seis finais de sua carreira na quadra dura, conquistando quatro ATPs até agora, sendo o mais recente em Sofia, na Bulgária, no começo de 2019. Aos 23 anos, ocupa o 14.º lugar do ranking mundial e precisa do título em Barcelona para subir uma posição.

NA HUNGRIA

Na semifinal do ATP 250 de Budapeste, o sérvio Filip Krajinovic venceu fácil o francês Pierre-Hugues Herbert por 2 sets a 0, com parciais de 6/2. Com o triunfo, o número 105 do ranking buscará o seu primeiro título contra o italiano Matteo Berrettini, 55.º do mundo, que evitou uma final toda sérvia ao superar Laslo Djere, campeão do Rio Open, também por 2 a 0 - com parciais de 6/4 e 6/2.

Aos 27 anos, Krajinovic chegou a ser número 26 do mundo, quando foi vice-campeão do Masters 1000 de Paris, na França, há um ano e meio. Já Berrettini, de 23 anos, conquistou o seu primeiro e único ATP em 2018, no saibro de Gstaad, na Suíça. Ambos vão para a segunda final de suas carreiras.

Tudo o que sabemos sobre:
Dominic ThiemRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.