Oscar Del Pozo/AFP
Oscar Del Pozo/AFP

Thiem supera 'maratona' para chegar à final do Torneio de Lyon

Número oito do mundo venceu duas partidas no mesmo dia para brigar pelo título no saibro da cidade francesa

Estadão Conteúdo

25 de maio de 2018 | 18h42

O tenista austríaco Dominic Thiem precisou superar uma "maratona" nesta sexta-feira para chegar à final do Torneio de Lyon, na França. Em sua preparação para Roland Garros, o número oito do mundo venceu duas partidas no mesmo dia para brigar pelo título no saibro da cidade francesa.

Após cirurgia bem-sucedida, Bia Haddad recebe alta em São Paulo

Thiem ficou quase três horas em quadra nesta sexta para obter a vaga na decisão. Primeiro, ele finalizou o duelo contra o espanhol Guillermo Garcia-López, interrompido na quinta por falta de iluminação natural. Em 50 minutos, o favorito fechou o jogo pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 7/6 (7/0) e 6/4.

Depois do duelo apertado, Thiem voltou à quadra por mais duras horas para superar o sérvio Dusan Lajovic por 6/4, 5/7 e 6/4. Cabeça de chave número 1 em Lyon, o austríaco mostrou irregularidade no saque, com dez aces e cinco duplas faltas e sofreu uma quebra de saque no segundo set. No primeiro e no terceiro, não teve nem o serviço ameaçado.

Na decisão, ele vai encarar o anfitrião Gilles Simon, que chegará mais descansado na briga pelo título. Isso porque o tenista da casa só precisou jogar uma partida nesta sexta. Atualmente na 75ª posição do ranking, o ex-Top 10 despachou o britânico Cameron Norrie por 6/1 e 7/6 (8/6).

No retrospecto direto, Thiem já leva vantagem contra Simon. São seis vitórias e apenas duas derrotas. O austríaco, um dos mais cotados para Roland Garros, venceu as últimas cinco partidas.

NA SUÍÇA - Em outro torneio preparatório para o Grand Slam que terá início no domingo, os finalistas também foram conhecidos nesta sexta-feira, em Genebra. Serão o alemão Peter Gojowczyk e o húngaro Marton Fucsovics.

Gojowczyk, 49º do mundo, surpreendeu nesta sexta ao eliminar o italiano Fabio Fognini (19º) por duplo 6/4. O tenista da Itália era o segundo cabeça de chave e um dos principais favoritos ao título após a queda precoce do local Stan Wawrinka, atual bicampeão do torneio disputado sobre o saibro.

Na sequência, Fucsovics despachou o norte-americano Steve Johnson por 2/6, 6/4 e 6/1. O tenista da Hungria vai disputar sua primeira final de nível ATP. Já Gojowczyk tem um título, obtido no ano passado, e uma final nesta temporada, em Delray Beach, nos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.