Marcello Zambrana/Inovafoto/Divulgação
Marcello Zambrana/Inovafoto/Divulgação

Thomaz Bellucci bate argentino e avança à semifinal do Brasil Open

Em 2 horas e 37 minutos de jogo, o número 1 do País derrotou Leonardo Mayer por 2 sets a 1

AE, Agência Estado

18 de fevereiro de 2012 | 00h45

SÃO PAULO - Em um jogo equilibrado e emocionante, encerrado já no início da madrugada deste sábado de carnaval em São Paulo, o brasileiro Thomaz Bellucci conseguiu uma suada classificação às semifinais do Brasil Open. Em 2 horas e 37 minutos de jogo, o número 1 do País e 38.º colocado do ranking mundial da ATP derrotou de virada o argentino Leonardo Mayer (80.º colocado) por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 6/2 e 7/5.

Em quadra, Bellucci mostrou sua inconstância no circuito profissional. Sem confiança nos seus golpes, o brasileiro foi facilmente batido pelo rival no primeiro set. Na segunda parcial, o paulista de Tietê se concentrou mais, quebrou o saque de Mayer duas vezes e levou a partida para o terceiro set.

Na parcial decisiva, muita emoção. Mas Bellucci começou mal e permitiu que o argentino quebrasse seu saque e tivesse a chance de fechar o jogo com o serviço em 5 a 4. Na base da garra e apoiado por mais de set mil pessoas no ginásio do Ibirapuera, o brasileiro conseguiu a virada heroica em quadra.

O seu rival na luta por uma vaga na decisão será contra o italiano Filippo Volandri. Em outro jogo interessante do torneio, o argentino David Nalbandian (84.º) foi superado por Volandri (69.º) por 2 sets a 1 - parciais de 3/6, 6/3 e 7/5, ao final de 2 horas e 23 minutos de partida.

Volandri começou o primeiro set com desvantagem de 3 a 0, que atribuiu à dificuldade de adaptação à quadra do ginásio principal. Em sua partida anterior, havia jogado no ginásio Mauro Pinheiro. "As condições são completamente diferentes. Mas depois que me adaptei, pude melhorar no jogo".

E a zebra está pastando no saibro do Ibirapuera. O espanhol Albert Ramos, 64.º colocado do ranking mundial da ATP, superou o compatriota Fernando Verdasco, 27.º, por 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3. Na semifinal, neste sábado, Ramos vai se deparar com um dos maiores favoritos ao título, o atual campeão Nicolás Almagro, 11.º do mundo. Verdasco sofreu com dores no joelho. Aliás, ele revelou que padece do problema desde a Copa Davis.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBrasil OpenThomaz Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.