Daniel Teixeira/AE - 4/1/2011
Daniel Teixeira/AE - 4/1/2011

Thomaz Bellucci bate Tommy Robredo e avança no Torneio de Auckland

Número 1 do Brasil venceu espanhol por 2 sets a 1 e garantiu vaga nas quartas de final

AE, Agência Estado

12 de janeiro de 2011 | 08h49

O brasileiro Thomaz Bellucci se garantiu nas quartas de final do Torneio de Auckland, em jogo encerrado na noite da última terça-feira, ao vencer o espanhol Tommy Robredo por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/1, em 1 hora e 48 minutos.

Cabeça de chave número 7 do ATP neozelandês, o tenista número 1 do Brasil e 31.º do mundo agora se prepara para encarar o colombiano Santiago Giraldo, que nesta quarta bateu o espanhol Albert Montañes por 2 a 1, com 6/3, 4/6 e 6/4.

"Fiz mais um bom jogo hoje (terça-feira), com consciência tática e solidez. Estou confiante e pegando mais ritmo. Muito motivado para amanhã (quarta)", postou Bellucci no seu Twitter logo depois da vitória sobre Robredo.

A atuação de Bellucci foi elogiada por Larri Passos, técnico do brasileiro. "A solidez do Thomaz fez a diferença. No terceiro set, ele ajustou o seu posicionamento, ganhou a quadra e foi bastante agressivo, além do que está feliz e motivado", destacou o ex-treinador de Gustavo Kuerten.

Com o triunfo sobre Robredo, Bellucci comemorou o fato de ter conseguido dar o troco no espanhol, atual 51.º do mundo, que bateu o brasileiro na final do Brasil Open de 2009, na Costa do Sauipe, também por 2 sets a 1, no outro único duelo disputado entre os dois tenistas no circuito profissional.

Diante de Robredo, Bellucci iniciou bem o confronto, quebrando o saque do rival logo no primeiro game. E, ao confirmar os seus serviços em seguida, liquidou o primeiro set em 6/4. Na parcial seguinte, porém, o espanhol devolveu a quebra no quarto game, abrindo 3 a 1 e administrando a vantagem para igualar o duelo com um 6/3.

Já no terceiro set, o tenista brasileiro obteve duas quebras de serviço, no quarto e no sexto game, para abrir 5 a 1 e depois sacar para definir a vitória, após ainda salvar dois break-points.

Outros jogos. Em outros duelos encerrados nesta quarta em Auckland, o argentino David Nalbandian, cabeça de chave número 6, venceu o alemão Philipp Petzschner por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/2, e também avançou às quartas de final. Agora, ele terá pela frente o norte-americano John Isner, pré-classificado como terceiro maior favorito, que superou o holandês Robin Haase por 2 sets a 1, com 3/6, 7/6 e 7/5.

Já o francês Adrian Mannarino segue surpreendendo. Após bater o argentino Juan Monaco, quinto cabeça de chave, na estreia, ele desta vez despachou o seu compatriota Arnaud Clement por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/4. Com isso, o tenista que precisou jogar o qualifying em Auckland irá medir forças nas quartas de final com espanhol Nicolas Almagro, cabeça de chave número 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.