Mário Cruz/EFE
Mário Cruz/EFE

Thomaz Bellucci é eliminado no Torneio de Estoril

Brasileiro caiu diante do uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2

AE, Agência Estado

29 de abril de 2011 | 10h35

ESTORIL - O brasileiro Thomaz Bellucci voltou a lamentar uma derrota no circuito profissional, nesta sexta-feira, e deu adeus à possibilidade de seguir na briga pela conquista do seu primeiro título nesta temporada. Desta vez ele caiu diante do uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, no jogo que valeu uma vaga na semifinal do Torneio de Estoril, ATP 250 português disputado em quadras de saibro.

Com a derrota, o tenista número 1 do Brasil e atual 31.º do ranking mundial fracassou na sua tentativa de repetir a campanha realizada em Acapulco, em fevereiro, quando foi parado por Nicolas Almagro na semifinal do torneio mexicano, no seu melhor desempenho até aqui neste ano.

Já Cuevas, o 61.º colocado da ATP, agora espera pela definição do vencedor do confronto entre o sueco Robin Soderling, cabeça de chave número 1, e o argentino Juan Martín del Potro, que também jogam nesta sexta na busca por uma vaga na semifinal.

Bellucci foi derrotado por Cuevas no seu primeiro duelo contra o uruguaio. O jogo serviu como uma prévia para o confronto que o Brasil fará com o Uruguai, em julho, em Montevidéu, pela Copa Davis. O vencedor do embate entre os dois países garantirá uma vaga nos playoffs do Grupo Mundial da competição.

A eliminação diante de Cuevas voltou a comprovar o momento ruim vivido por Bellucci, que vem amargando derrotas consecutivas para rivais de menor expressão do que a dele no circuito profissional. E justamente na temporada em que ele passou a ser treinado por Larri Passos, técnico que conseguiu levar Gustavo Kuerten ao topo do ranking e a muitos títulos importantes.

Nesta sexta, o tenista número 1 do Brasil voltou a mostrar instabilidade em seu jogo, fato que quase já lhe causou a eliminação nas oitavas de final diante do azarão francês Edouard Roger-Vasselin, que chegou a ter dois match points no terceiro set no confronto diante do brasileiro.

Ganhando apenas 67% dos pontos que disputou quando usou o seu primeiro serviço, Bellucci não conseguiu aproveitar nenhuma das duas chances que teve de quebrar o saque de Cuevas, que foi feliz em três das cinco oportunidades que recebeu para liquidar o brasileiro em apenas dois sets. Com cinco aces, o uruguaio ainda ganhou 83% dos pontos que travou quando encaixou o seu primeiro saque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.