Evelson de Freitas/Estadão - 12/2/2013
Evelson de Freitas/Estadão - 12/2/2013

Thomaz Bellucci enfrenta americano de 18 anos na estreia em Miami

Brasileiro terá a chance de encerrar seu jejum de vitórias contra Christian Harrison, 337.º no ATP

AE, Agência Estado

18 de março de 2013 | 16h13

MIAMI - Depois de cinco derrotas consecutivas, sendo as quatro últimas em estreias, Thomaz Bellucci terá uma grande chance de encerrar o seu jejum de vitórias na primeira rodada do Masters 1.000 de Miami, cuja chave principal começará nesta quinta-feira. Tenista número 1 do Brasil e atual 40.º do mundo, ele soube nesta segunda que começará a sua campanha no torneio contra o jovem norte-americano Christian Harrison, de apenas 18 anos, que figura na 337.ª colocação do ranking da ATP.

Christian é irmão de Ryan Harrison, 88.º colocado do mundo hoje, e travará um duelo inédito com Bellucci, que deixou de lado o seu favoritismo no confronto. Em má fase, ele lembrou que o rival atuará sem responsabilidade de obter qualquer resultado. "Não o conheço, mas é sempre perigoso enfrentar um jogador novo, que está buscando seu espaço no circuito. Ele vai jogar, com certeza, sem pressão", disse o brasileiro.

Essa será a quinta participação de Bellucci no Masters de Miami, enquanto Christian Harrison, convidado pela organização do importante torneio norte-americano, jogará pela primeira vez uma competição do circuito principal da ATP. O melhor desempenho do brasileiro até agora neste evento foi a passagem às oitavas de final, em 2010.

Antes de jogar em Miami, Bellucci foi derrotado na segunda rodada do Brasil Open, em São Paulo, e depois caiu nas estreias em Buenos Aires, Acapulco, Indian Wells e Dallas, sempre atuando contra tenistas de ranking inferior ao dele. A sua última vitória aconteceu no dia 12 de fevereiro, quando sofreu para superar o compatriota Guilherme Clezar, por 2 sets a 1, na estreia do Brasil Open.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.