Thomaz Bellucci sobe dez posições após boa campanha em Viena

Thomaz Bellucci sobe dez posições após boa campanha em Viena

Depois de chegar até as quartas de final de torneio realizado na Áustria, tenista brasileiro chega à 58ª colocação no ranking da ATP

Estadão Conteúdo

20 de outubro de 2014 | 10h00

A boa campanha no Torneio de Viena, disputado na semana passada levou o brasileiro Thomaz Bellucci a ascender na atualização desta segunda-feira do ranking da ATP. Após avançar até as quartas de final do ATP 250 austríaco, o melhor tenista do País ganhou dez posições e agora está entre os 60 melhores do mundo.

Agora, Bellucci é o 58º colocado no ranking da ATP, com 794 pontos, na sua melhor posição na lista desde julho de 2013. Agora, nesta semana, o brasileiro vai disputar o Torneio de Valência, um ATP 500, após passar pelo qualifying. O seu adversário de estreia será o russo Mikhail Youzhny.

Nesta semana, o Brasil também voltou a ter dois tenistas entre os 100 melhores do mundo, após a recuperação de João Souza. Conhecido como Feijão, o brasileiro ganhou sete posições na lista e atingiu a 97ª colocação depois de ser vice-campeão do Challenger de San Juan, na Argentina, no último fim de semana.

Sem mudanças no Top 5, o ranking da ATP continua sendo liderado pelo sérvio Novak Djokovic, com 11.510 pontos. Ele é seguido pelo suíço Roger Federer, com 9.080 pontos, pelo espanhol Rafael Nadal, com 8.105, pelo suíço Stan Wawrinka, com 5.385, e pelo espanhol David Ferrer, com 4.585 e que foi vice-campeão do Torneio de Viena no último fim de semana.

O checo Tomas Berdych subiu para a sexta colocação no ranking após ser campeão do Torneio de Estocolmo, o que o levou aos 4.485 pontos, ultrapassando o japonês Kei Nishikori, agora o sétimo colocado. Campeão do Torneio de Moscou, o croata Marin Cilic continua em oitavo lugar no ranking, à frente do canadense Milos Raonic, o nono colocado.

O britânico Andy Murray voltou ao Top 10 após ser campeão do Torneio de Viena ao alcançar a décima colocação da lista. O escocês ultrapassou o búlgaro Grigor Dimitrov, que caiu para o 11º lugar após ser finalista em Estocolmo.

No ranking da temporada, que definirá os oito participantes do ATP Finals - Djokovic, Federer, Nadal, Wawrinka e Cilic já se classificaram - Nishikori (4.265 pontos), Berdych (4.105) e Murray (3.885), estão ficando com as três vagas restantes. Eles são seguidos por Ferrer (3.775), Raonic (3.750) e Dimitrov (3.555).

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO RANKING DA ATP:

1º - Novak Djokovic (SER), 11.510 pontos

2º - Roger Federer (SUI), 9.080

3º - Rafael Nadal (ESP), 8.105

4º - Stan Wawrinka (SUI), 5.385

5º - David Ferrer (ESP), 4.585

6º - Tomas Berdych (RCH), 4.485

7º - Kei Nishikori (JAP), 4.355

8º - Marin Cilic (CRO), 4.105

9º - Milos Raonic (CAN), 3.940

10º - Andy Murray (GBR), 3.795

11º - Grigor Dimitrov (BUL), 3.645

12º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.660

13º - Ernests Gulbis (LET), 2.465

14º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.065

15º - Feliciano Lopez (ESP), 2.060

16º - John Isner (EUA), 1.970

17º - Kevin Anderson (AFS), 1.875

18º - Gilles Simon (FRA), 1.810

19º - Fabio Fognini (ITA), 1.790

20º - Gael Monfils (FRA), 1.735

58º - Thomaz Bellucci (BRA), 794

97º - João Souza (BRA), 587

174º - André Ghem (BRA), 304

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.