Grigory Dukor/Reuters
Grigory Dukor/Reuters

Thomaz Bellucci vence e Brasil empata com a Rússia na Copa Davis

Número um do tênis brasileiro derrota Igor Andreev com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3

GIULIANDER CARPES, Agência Estado

16 de setembro de 2011 | 12h32

Os russos nem puderam comemorar direito o primeiro ponto no confronto pela repescagem da Copa Davis. Thomaz Bellucci entrou decidido depois da derrota de Ricardo Mello para Mikhail Youzhny. Empatou o duelo nesta sexta-feira com uma atuação muito sólida diante de Igor Andreev, vencendo por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3, em 2h01 de partida.

Bellucci conseguiu manter a consistência durante todo o jogo e mostrou grande capacidade para colocar em prática a tática traçada com o capitão João Zwetsch: buscou muito o golpe de revés do rival e atacou no lado direito quando Andreev abria a quadra.

"Acho que joguei o meu melhor tênis hoje (sexta)", disse o brasileiro, que não teve seu saque quebrado durante a partida. "Saquei muito bem e permaneci seguro durante todo o jogo. É uma vitória que me dá bastante confiança para o resto do confronto."

Neste sábado, às 7 horas (de Brasília, com transmissão do SporTV 2), a dupla formada por Bruno Soares e Marcelo Melo enfrenta Igor Kunitsyn e Dmitry Tursunov para ver que equipe chega ao último dia de confronto com a vantagem de 2 a 1. Se o Brasil vencer, Bellucci tem a chance de definir a volta do País ao Grupo Mundial após oito anos caso consiga surpreender o russo Michail Youzhny. "Se ele jogar como contra o Mello vai ser muito difícil, mas ganhei confiança, estou acreditando muito no meu jogo e pode ser uma partida equilibrada", afirmou.

Antes de Bellucci entrar em quadra e vencer nesta sexta, Ricardo Mello foi arrasado por Mikhail Youzhny por 3 sets a 0, com parciais de 6/0, 6/2 e 6/1, e viu os russos largarem na frente na disputa.

"No primeiro jogo o Ricardo não teve muitas chances, mas o mais importante é que eu consegui ganhar e empatar o duelo para o Brasil. O confronto com a Rússia está em aberto. A gente veio para cá sabendo que não éramos os favoritos, mas sabíamos que podíamos jogar de igual para igual e ganhar deles", acrescentou Bellucci, em entrevista ao SporTV logo após seu jogo desta

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisThomaz Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.