Warren Toda/EFE
Warren Toda/EFE

Título faz Nadal abrir vantagem grande na ponta da ATP; Del Potro assume 3º lugar

Tenista espanhol passou a ostentar 10.220 pontos e abriu 3.740 para o suíço Roger Federer

Estadão Conteúdo

13 Agosto 2018 | 11h45

A conquista do título do Masters 1000 de Toronto, obtido no último domingo no Canadá, fez Rafael Nadal ampliar de forma significativa a sua vantagem na liderança do ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira. O tenista espanhol passou a ostentar 10.220 pontos e abriu 3.740 de distância para o suíço Roger Federer, que se manteve na segunda posição.

+ Após título em Toronto, Nadal anuncia que não jogará Masters 1000 de Cincinnati

Nadal, inclusive, já garantiu a sua presença no ATP Finals, torneio que reunirá os oito melhores jogadores da temporada, entre 11 e 18 de novembro, em Londres, sendo que ele assegurou este posto na importante competição ao avançar às semifinais em Toronto na última sexta-feira.

Ao triunfar no Canadá, o espanhol também ampliou o seu recorde de títulos de Masters para 33 taças, ficando três à frente do sérvio Novak Djokovic, segundo maior vencedor de torneios deste nível no circuito profissional. Federer vem logo atrás desta dupla, com 27 troféus.

Surpreendente vice-campeão em Toronto, onde superou quatro jogadores do Top 10 em sua campanha, o grego Stefanos Tsitsipas, de apenas 20 anos, teve evolução expressiva no ranking ao saltar da 27ª para a 15ª posição do ranking mundial.

Tsitsipas completou 20 anos justamente no último domingo, quando foi derrotado por Nadal por 2 sets a 0 na decisão do Masters 1000 canadense, na qual deu trabalho ao favorito e só foi ser liquidado no confronto no tie-break da segunda parcial.

Um dos tenistas surpreendidos por Tsitsipas em Toronto foi Alexander Zverev, eliminado pelo grego nas quartas de final. O alemão caiu como atual campeão do torneio no Canadá e, por não ter conseguido defender todos os pontos que somou em sua campanha vitoriosa do ano passado, acabou caindo da terceira para a quarta posição do ranking mundial.

Zverev foi ultrapassado pelo argentino Juan Martín del Potro, que assumiu o terceiro lugar e pela primeira vez na carreira entrou no Top 3 da ATP. O tenista sul-americano desistiu de disputar o Masters de Toronto por causa de dores no punho, mas mesmo assim comemorou um feito inédito para a sua carreira nesta segunda-feira. Ele tem 5.410 pontos, enquanto Zverev ahora tem 4.845 no quarto lugar.

Não houve nenhuma outra alteração de colocações no Top 10, que segue sendo fechado por Djokovic, outro eliminado por Tsitsipas em sua campanha em Toronto. O evento canadense foi preparatório para o US Open, Grand Slam que começa no próximo dia 27, em Nova York.

Entre os brasileiros, Thiago Monteiro continua sendo o número 1 do País, mas caiu duas posições e agora ocupa o 122º lugar no geral. Também desceu dois postos nesta segunda-feira Rogério Dutra Silva, agora o 149º tenista do mundo. Eles são os dois únicos integrantes do Brasil no Top 200, enquanto Guilherme Clezar (236º) e João Menezes (292º) são outros dois representantes do País no Top 30.

Já no ranking individual de duplistas, os brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo subiram mesmo depois de terem sido eliminados em seus jogos de estreia na chave de duplas em Toronto. O primeiro deles saltou do décimo para o oitavo lugar, enquanto Melo saiu do 13º e assumiu o 12º posto.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1) Rafael Nadal (ESP), 10.220 pontos

2) Roger Federer (SUI), 6.480

3) Juan Martín Del Potro (ARG), 5.410

4) Alexander Zverev (ALE), 4.845

5) Grigor Dimitrov (BUL), 4.700

6) Kevin Anderson (AFS), 4.535

7) Marin Cilic (CRO), 4.085

8) Dominic Thiem (AUT), 3.665

9) John Isner (EUA), 3.570

10) Novak Djokovic (SER), 3.445

11) David Goffin (BEL), 3.085

12) Diego Schwartzman (ARG), 2.380

13) Pablo Carreño Busta (ESP), 2.290

14) Fabio Fognini (ITA), 2.145

15) Stefanos Tsitsipas (GRE), 2.089

16) Kyle Edmund (GBR), 1.950

17) Lucas Pouille (FRA), 1.870

18) Nick Kyrgios (AUS), 1.855

19) Roberto Bautista (ESP), 1.820

20) Jack Sock (EUA), 1.815

122) Thiago Monteiro (BRA), 475

149) Rogério Dutra Silva (BRA), 385

236) Guilherme Clezar (BRA), 243

292) João Menezes (BRA), 198

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.