Tomic desiste após oito minutos na estreia e Paire avança no Masters 1000 de Roma

Um dia depois de ver sua vaga na Olimpíada do Rio ficar ameaçada por mau comportamento, o australiano Bernard Tomic viveu mais uma página em sua trajetória pouco comum no tênis. Neste domingo, na estreia do Masters 1000 de Roma, ele permaneceu em quadra somente por oito minutos antes de desistir da partida e dar a vitória ao francês Benoit Paire.

Estadão Conteúdo

08 de maio de 2016 | 14h51

Tomic entrou em quadra sentindo uma lesão no pulso, mas vencia o primeiro set por 2 a 1 quando interrompeu o duelo e avisou que estava abandonando. Melhor para Paire, que avançou à segunda rodada e agora vai encarar o cabeça de chave número 4, o suíço Stan Wawrinka.

No último sábado, o Comitê Olímpico Australiano avisou Tomic e Nick Kyrgios, principais tenistas do país, que eles não serão levados para a Olimpíada se não melhorarem seus comportamentos dentro e fora da quadra. Kyrgios é conhecido por ofender adversários e árbitros, enquanto Tomic concedeu o último ponto da partida diante do italiano Fabio Fognini no Masters 1000 de Madri de propósito, ao tentar responder o saque do adversário usando o cabo da raquete.

Este primeiro dia de disputas em Roma teve ainda dois cabeças de chave em ação. Tenista com melhor ranking a entrar em quadra neste domingo, o belga David Goffin, número 13 do mundo, suou, mas derrotou o argentino Leonardo Mayer por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 7/6 (10/8) e 6/3.

Já o sul-africano Kevin Anderson teve mais facilidade para eliminar o espanhol Feliciano López. Cabeça de chave número 16, Anderson fez 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/5), e também se garantiu na segunda rodada. Seu adversário agora será o argentino Juan Monaco, que passou pelo norte-americano Steve Johnson em dois sets, com duplo 6/4.

Ainda neste domingo, sérvio Viktor Troicki derrotou o russo Teymuraz Gabashvili por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, e se credenciou a enfrentar o japonês Kei Nishikori na segunda rodada. Já o checo Tomas Berdych duelará com o espanhol Albert Ramos-Vinolas, que bateu o norte-americano Sam Querrey também com duplo 6/4.

Tudo o que sabemos sobre:
Bernard TomicTênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.