Torção de Meligeni preocupa Guga

O tenista Gustavo Kuerten saiu do treino, ontem, em Florianópolis, um pouco preocupado. Fernando Meligeni, o número 2 do Brasil para o jogo das quartas-de-final do Grupo Mundial da Copa Davis, torceu o tornozelo esquerdo quando treinava com o juvenil Bruno Soares. Guga disse que está torcendo pela recuperação do colega, mas também que está pronto para fazer o primeiro jogo do confronto, às 10h de amanhã, mesmo não gostando de jogar cedo. O sorteio da ordem das partidas será hoje, também às 10h. Se Guga fizer o primeiro confronto e garantir o primeiro ponto, será um alívio para Meligeni. O melhor de cada país enfrentará o segundo do adversário. No sábado será a partida de duplas e no domingo, mais duas de simples.Depois do susto, Meligeni foi para a fisioterapia fazer tratamento com gelo. Disse que está acostumado com o problema. Alex Stober, fisioterapeuta da equipe, disse que a contusão não é grave. O tenista assinalou: "Tenho os ligamentos do tornozelo mais flexíveis. De um lado, isso me favorece, porque é mais difícil que se rompam. Por outro, tenho de jogar sempre com uma bota de esparadrapo para não torcer meu pé. Estava usando uma bota, mas pisei em falso e deu nisso." Ele lembrou que jogou machucado quando o Brasil ganhou da Espanha em Lérida, em 1999.O jogador encerrou a conversa com seu habitual entusiasmo: "Para me tirar desse jogo contra a Austrália só se eu estiver com o corpo inteiro quebrado." Depois, em entrevista a jornalistas australianos, disse que ficaria na arquibancada, que o Brasil poderia jogar com Antônio Prieto, Bruno Soares, jogadores novatos que acompanham a equipe titular.Guga chamou a responsabilidade nesta campanha. "O que vai definir este confronto será o primeiro ponto. Quem conseguir terá grande possibilidade de passar para as semifinais." O brasileiro, número 2 do mundo, tem duas vitórias contra Patrick Rafter, o segundo melhor australiano, oitavo do ranking, a quem venceu em 1999, no saibro, em Roma, e no ano passado, em Paris, em quadra de carpete coberta. Guga perdeu de Rafter em Hong Kong, em quadra rápida, e pela Davis, na grama.Meligeni perdeu seus dois jogos para o melhor australiano, Lleyton Hewitt, sétimo do ranking: em 1999, em Paris, em quadra rápida, e no ano passado, na grama, pela Davis, quando os australianos fizeram 5 a 0.Leia Também:Brasileiros prevêem manobras de australianos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.