Torcida apoia, mas Feijão perde para Hanescu na estreia do Brasil Open

Brasileiro pediu e recebeu o calor da torcida no Ibirapuera, porém caiu por duplo 6/3

Alessandro Lucchetti,

14 de fevereiro de 2012 | 22h49

SÃO PAULO - João Olavo Soares de Souza, o Feijão, bem que tentou, e até pediu o apoio da pequena torcida que compareceu ao Ibirapuera. Mas o ginásio, embora tenha ficado mais barulhento, não virou exatamente um caldeirão. Feijão não conseguiu engrossar o jogo contra Victor Hanescu e foi eliminado logo na primeira rodada do Brasil Open. E foi cozido em fogo alto: em sets diretos, por duplo 6/3.

Dessa forma, nas oitavas de final - ou a terceira rodada - o Brasil terá apenas um representante no torneio de São Paulo. Nesta quarta-feira, Thomaz Bellucci e Ricardo Mello vão se enfrentar, por volta de 21h.

É a segunda vez consecutiva que o romeno Hanescu despacha o tenista mogiano no Brasil Open. Em 2010, na Costa do Sauípe, já havia superado Feijão em dois sets.

O brasileiro sacou mal, errou muito e não chegou a impor grandes dificuldades nesta terça-feira. "Estou acostumado a ganhar muito mais pontos com o meu saque. Isso foi chave hoje para ele me fazer jogar e botar pressão".

Abatido com a derrota em casa, o tenista paulista procurou demonstrar o contrário com suas palavras. "O ano apenas começou. O torneio do Brasil foi só mais um no calendário".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.