Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Treinador de Nadal evita dar uma previsão de retorno

Tio e treinador de Rafael Nadal, Toni Nadal evitou dar previsão de retorno para seu pupilo. Número 3 do mundo, o tenista espanhol está afastado das quadras desde o final de junho, por causa de uma tendinite no joelho esquerdo, e anunciou na quarta-feira que não irá disputar o US Open, quarto e último torneio do Grand Slam, que começa no dia 27 de agosto, em Nova York, nos Estados Unidos.

AE, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 10h57

Em entrevista para rádios espanholas, Toni Nadal revelou que o tenista só voltará a jogar quando estiver 100%. "Essa parada servirá para que ele volte ainda com mais força. Tem que fazer uma recuperação completa para os próximos torneios", disse o treinador, que também garantiu que a carreira do astros de 26 anos não corre perigo. "Queremos que a carreira dele seja a mais longa possível."

Nadal não entra em quadra desde que perdeu para o checo Lukas Rosol ainda na segunda rodada de Wimbledon, no dia 28 de junho. Depois disso, desistiu da disputa da Olimpíada de Londres, dos torneios de Toronto e Cincinnati e agora do US Open. A ausência dele no último Grand Slam da temporada foi lamentada pelos seus principais rivais, como o suíço Roger Federer e o sérvio Novak Djokovic.

Dono de 11 títulos em Grand Slam, Nadal esteve nas duas últimas finais do US Open, ganhando em 2010 e perdendo para Djokovic em 2011. Agora, como não poderá defender os pontos conquistados, ele deverá ser ultrapassado pelo escocês Andy Murray no ranking mundial. A esperança, porém, é de que possa voltar a jogar nas semifinais da Copa Davis, de 14 a 16 de setembro, quando a Espanha encara os Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.