Andy Wong/AP
Andy Wong/AP

Tsonga bate Djokovic e vai encarar Federer na Austrália

Depois de jogo disputado, francês vence terceiro lugar do ranking mundial por 3 sets a 2 e vai à semifinal

AE, Agencia Estado

27 de janeiro de 2010 | 12h00

Depois de superar uma batalha de três horas e 52 minutos de partida, Jo-Wilfried Tsonga venceu o sérvio Novak Djokovic por 3 sets a 2, com parciais de 7/6, 6/7, 1/6, 6/3 e 6/1, e garantiu vaga na semifinal do Aberto da Austrália. Com o resultado, o tenista francês jogará por um lugar na decisão contra o suíço Roger Federer, líder do ranking mundial, que também nesta quarta bateu o russo Nicolay Davydenko.

Terceiro colocado do ranking mundial, Djokovic acabou eliminado pelo décimo cabeça de chave em Melbourne. Apesar disso, Tsonga não entrou em quadra como azarão, pois ampliou a sua superioridade no retrospecto de confrontos com o sérvio. O triunfo desta quarta foi o quinto em sete partidas contra o rival.

A vitória de Tsonga, entretanto, teve certo sabor de vingança, pois ele foi superado por Djokovic na decisão do Aberto da Austrália de 2008. Além disso, o sérvio também levou a melhor no duelo anterior entre os dois, no Masters de Miami do ano passado, interrompendo uma série de quatro vitórias seguidas do francês.

Na semifinal contra Federer, Tsonga tentará alcançar a sua segunda vitória consecutiva diante do suíço, depois de ter o derrotado no Masters 1.000 do Canadá de 2009. Será o terceiro confronto entre os dois, sendo que o primeiro deles Federer venceu no Masters Series de Madri, em 2008.

No confronto desta quarta-feira, Djokovic viu o seu rendimento despencar a partir do início do quarto set, quando deixou a quadra para ir ao banheiro por causa de uma indisposição estomacal. Dali em diante, passou a cometer muito erros e viu Tsonga dominar amplamente os dois últimos sets.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.