Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

Tsonga e Gulbis vencem e fazem final do Torneio de Marselha

O letão derrotou Richard Gasquet e frustrou os planos da torcida de ter dois franceses na decisão

Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 16h17

MARSELHA - Ernests Gulbis frustrou a possibilidade do Torneio de Marselha ser decidido por dois tenistas franceses ao derrotar Richard Gasquet, mas ao menos o público local poderá torcer para Jo-Wilfried Tsonga após ele superar o alemão Jan-Lennard Struff, a principal surpresa da competição. Neste sábado, o letão, o número 23 do mundo, não teve muitas dificuldades para derrotar Gasquet, nono colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em 1 hora e 4 minutos.

Com um saque potente, Gulbis fez 15 aces contra apenas três de Gasquet, além de ter vencido 93% dos pontos disputados no seu primeiro serviço, diante de um aproveitamento de apenas 58% do francês. Assim, não teve o seu saque ameaçado e converteu três de quatro break points para vencer.

Assim, Gulbis se classificou para a quinta final da sua carreira, sendo que ele venceu as quatro anteriores. Agora, o letão tentará manter o retrospecto impecável em decisões diante de Tsonga, atual campeão em Marselha. Neste sábado, o número 10 do mundo avançou ao derrotar Struff, 117º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/5, em 1 hora e 38 minutos.

Tsonga fez dez aces na partida contra apenas dois do alemão, além de ter vencido 93% dos pontos disputados no seu primeiro serviço contra 65% de Struff. O francês também converteu dois de sete break points e perdeu o seu saque apenas uma vez. A final deste domingo será a 19ª da carreira de Tsonga, que soma dez títulos. E o francês está em vantagem de 3 a  1 no confronto direto com Gulbis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.