Jean-Christophe Verhaegen/AFP
Jean-Christophe Verhaegen/AFP

Tsonga volta após sete meses e perde para alemão na estreia em Metz

Francês é derrotado por Peter Gojowczyk por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (5/7), 6/3 e 6/4

Estadão Conteúdo

18 de setembro de 2018 | 21h02

O francês Jo-Wilfried Tsonga voltou ao tênis nesta terça-feira, após uma longa pausa de mais de sete meses para se recuperar de lesão. E o retorno não aconteceu da forma que o ex-Top 5 do ranking esperava. Ele caiu na estreia do Torneio de Metz para o alemão Peter Gojowczyk por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (5/7), 6/3 e 6/4.

Esta foi a primeira vez que Tsonga entrou em quadra desde fevereiro, quando sofreu uma grave lesão no joelho. Número 71 do mundo, o francês não resistiu ao atual campeão do torneio. Em Metz, no ano passado, Gojowczyk surpreendeu ao sair do qualifying para ficar com o troféu.

Nesta terça, o 45.º colocado do ranking da ATP acertou 17 aces e não permitiu sequer uma quebra a Tsonga para garantir vaga na segunda rodada. Agora, ele terá pela frente tarefa teoricamente mais difícil, já que vai encarar o japonês Kei Nishikori, cabeça de chave número 1 em Metz e que folgou na primeira rodada.

Nas outras partidas do dia na competição francesa, destaque para o georgiano Nikoloz Basilashvili. Cabeça de chave número 5, ele confirmou o favoritismo ao passar por 2 sets a 0 pelo francês Kenny de Schepper, com parciais de 6/2 e 7/6 (7/0).

Outro francês que saiu derrotado nesta terça foi Pierre-Hugues Herbert, que caiu diante do moldávio Radu Albot. Por outro lado, Ugo Humbert e Constant Letienne fizeram a festa da torcida da casa ao passarem, respectivamente, pelo australiano Bernard Tomic e o estoniano Jurgen Zopp.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.