John G. Mabanglo/EFE
John G. Mabanglo/EFE

US Open anuncia premiação recorde para edição 2013

Serão distribuídos um total de R$ 78,2 milhões entre os tenistas que disputarão a competição

AE-AP, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 15h13

NOVA YORK - A organização do US Open anunciou nesta quarta-feira uma premiação recorde para esta edição do Grand Slam, que será realizado entre 26 de agosto e 9 de setembro, em Nova York. Serão distribuídos um total de US$ 34,3 milhões (R$ 78,2 milhões) entre os tenistas, sendo que desta vez os campeões do torneio de simples masculino e feminino ganharão US$ 2,6 milhões (R$ 5,9 milhões) cada um, ou US$ 700 mil (R$ 1,5 milhão) a mais do que foi pago para o britânico Andy Murray e para a norte-americana Serena Williams, os grandes vencedores de 2012.

Em 2013, o US Open estará celebrando a sua 40.ª edição de premiação igual para homens e mulheres. Curiosamente, o valor total de prêmios que serão distribuídos ficou muito próximo ao que foi pago aos tenistas na última edição de Wimbledon, que disponibilizou neste ano 22,6 milhões de libras (R$ 78,2 milhões).

Ao anunciar o aumento da sua premiação geral, elevada em cerca de 40% em relação a 2012, o US Open destacou que pagará em 2013 os maiores valores já distribuídos em um torneios de simples na história do tênis.

O aumento da quantia geral distribuída irá beneficiar significativamente até o mesmo os tenistas eliminados nas primeiras rodadas, pois cada fase deste US Open teve uma elevação mínima de 37% do valor oferecido em relação à edição de 2012.

Quem for eliminado na primeira rodada deste US Open ganhará US$ 32 mil (R$ 72 mil), 39% a mais do que a quantia recebida pelos tenistas que caíram na estreia no ano passado. Já os jogadores que forem superados na segunda ou na terceira rodada ganharão 43% a mais do que os tenistas que caíram nos mesmos estágios da competição em 2012.

Já os que forem até as oitavas de final ganharão 38% mais, assim como o avanço às quartas de final e semifinais renderão uma premiação 37% maior do que a garantida no ano passado. Essa mesma porcentagem de aumento terão os vice-campeões de simples, que ganharão US$ 1,3 milhão (R$ 2,9 milhões) cada um.

A premiação do qualifying deste US Open também será 37,5% maior do que a do ano passado e pagará um total de US$ 1,4 milhão (R$ 3,1 milhões) aos tenistas, sendo que as competições de duplas masculina e feminina do Grand Slam pagarão 12,7% a mais do que em 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS Openpremiação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.