Gonzalo Fuentes/Reuters
Gonzalo Fuentes/Reuters

US Open confirma Bia, Bellucci e Rogerinho; Monteiro aguarda desistências

Organização vai utilizar o ranking desta semana para definir a lista de entrada

Estadao Conteudo

19 de julho de 2017 | 22h30

A queda recente no ranking pode ter custado caro ao brasileiro Thiago Monteiro. Fora do Top 100, o tenista não garantiu a vaga direta na chave principal de simples do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, a ser disputado no fim de agosto. Já Rogério Dutra Silva, Thomaz Bellucci e Beatriz Haddad Maia asseguraram o lugar na chave.

A organização do torneio de Nova York informou nesta quarta-feira que vai utilizar o ranking desta semana para definir a lista de entrada. Assim, Rogerinho (atual 64º do ranking da ATP), Bellucci (65º) e Bia Haddad (81ª do ranking da WTA) conquistaram a classificação para disputar a chave principal.

Bellucci e Rogerinho também entraram direto na chave principal nos três Grand Slams já disputados na temporada - Aberto da Austrália, Roland Garros e Wimbledon. Bia, por sua vez, competiu somente em Paris e em Londres.

Thiago Monteiro esteve nas chaves principais dos três Slams anteriores, mas desta vez terá que contar com a sorte para escapar do qualifying. Fora da posição de corte do ranking, por ser o atual 103º do mundo, ele ficou na lista de espera. E agora terá que torcer por desistências para entrar diretamente na competição de simples.

Monteiro entrou direto numa chave de Slam pela primeira vez na Austrália. Depois, mostrando boa performance no circuito, repetiu o feito nos dois Slams seguintes. Mas, no US Open, corre o risco de ter que passar novamente pelo quali, como aconteceu no ano passado, em sua primeira participação na competição de Nova York.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.