US Open: favoritos sofrem para vencer

Depois de mais uma vitória suada nesta sexta-feira no US Open, novamente precisando de cinco sets para chegar a terceira rodada, o tenista russo Yevgeny Kafelnikov confessou uma verdade no tênis masculino da atualidade: "na chave, existem 127 jogadores que podem mostrar um jogo de alta qualidade", disse. "Por isso, posso dizer que sobrevivi a mais uma rodada, mas a única explicação que posso dar é esta, o tênis está muito competitivo." Kafelnikov passou com dificuldades sobre o suíço George Bastl, por 3 sets a 2, parciais de 2/6, 5/7, 6/1, 6/4 e 6/3.Na primeira rodada, marcou 1/6, 6/1, 5/7, 6/4 e 6/4, em outro suíço, Michael Katrochvil, e agora vai enfrentar o argentino David Nalbandian, que foi responsável pela eliminação do francês Nicolas Escude por 4/6, 6/3, 4/6, 6/3 e 7/5.As vitórias suadas não têm sido uma exclusividade de Kafelnikov nestas primeiras rodadas do US Open. O cabeça-de-chave número dois do torneio, o norte-americano Andre Agassi também sofreu muito para garantir um lugar na terceira rodada. A ameaça veio de um tenista do grupo intermediário, o chileno Nicolas Massu, que jamais conseguiu um resultado importante na carreira e, entusiasmado por uma atuação num Grand Slam, quase demoliu o sonho de os norte-americanos verem Agassi comemorar sua paternidade com o título do US Open. Ao fim de uma verdadeira batalha, o tenista dos Estados Unidos saiu aplaudido com entusiasmo da quadra com vitória por 6/7 (7/4), 6/4, 6/2 e 7/6 (7/1).Até mesmo Pete Sampras sentiu-se ameaçado já na segunda rodada, diante do brasileiro André Sá, que jogou bem, saiu na frente na sua partida, com uma quebra de serviço, mas acabou perdendo por 3 a 0, com parciais de 7/6 (7/4), 6/4 e 6/3. O tenista norte- americano revelou toda a dificuldade que teve neste jogo, ao comemorar com entusiasmo o match point e a vaga na terceira rodada do torneio. No lado feminino, onde normalmente as primeiras partidas são muito tranqüilas, a tenista número 1 do mundo, a suíça Martina Hingis esteve perto de cair em seu segundo jogo. Esteve em desvantagem no terceiro set e precisou usar todo o seu jogo inteligente para virar uma partida difícil diante de Iva Majoli e marcar por 4/6, 6/4 e 7/6 (7/5).Em outros resultados da rodada desta sexta-feira, Monica Seles ganhou de Eleni Daniidou (Grécia) por 6/2 e 6/3; Jelena Dokc (Yugoslávia) de Arantxa Sanchez (Espanha) por 6/4 e 7/5; e no masculino Goran Ivanisevic (Croácia) venceu Justin Gilmestob (EUA) por 6 /3, 6/3 e 6/3; Tommy Haas (Alemanha) passou por Felix Mantilla (Espanha) com 6/1, 6/0, 6/7 (7/5) e 6/3; e Jiri Novak (República Checa) derrotou Bjorn Phau (Alemanha) por 6/1, 6/1 e 6/2. O australiano Lleyton Hewitt avançou no torneio ao derrotar o norte-americano James Blake por 3 sets a 2, com parciais de 6/4, 3/6, 3/6, 6/3 e 6/0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.