US Open: Hewitt é o 1º finalista

A vitória de Lleyton Hewitt sobre o Yevgeny Kafelnikov neste sábado foi tão fácil, 6/1, 6/2 e 6/1, que o tenista australiano nem mesmo comemorou com a habitual e explosiva ênfase. Deu àquele grito característico com o olhar para o céu e os punhos cerrados, mas parecia até mesmo um pouco constrangido com a péssima atuação do adversário. Afinal, depois de apenas 1h22 de jogo, conseguiu sua fácil classificação para a decisão do título do US Open de 2001, neste domingo.Esta é a primeira vez que este tenista de apenas 20 anos chega à final do US Open. Na realidade, já vinha merecendo esta chance depois de ter alcançado por dois anos seguidos às semifinais. Desta vez, teve seu trabalho facilitado pela atuação de Kafelinikov. O tenista russo errou muito, não lutou, nem vibrou. Esteve irreconhecível, assim como Gustavo Kuerten mostrou-se na derrota das quartas-de-final para o próprio Kafelnikov.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.