Raul Caro/EFE
Raul Caro/EFE

Vencedor em 2019, Lionel Messi parabeniza Rafael Nadal pela conquista do Laureus

'Gostaria de falar que você é um exemplo para todos por causa de seu trabalho', disse o atacante do Barcelona

Redação, Estadão Conteúdo

07 de maio de 2021 | 11h06

Um dia após contar com a torcida do brasileiro Ronaldo Fenômeno, que estava na Caixa Mágica para acompanhar a sua vitória nas oitavas de final do Masters 1000 de Madri, o tenista espanhol Rafael Nadal foi cumprimentado pelo craque argentino Lionel Messi, do Barcelona, que parabenizou o atual número 2 do ranking da ATP pela conquista do Prêmio Laureus como melhor atleta masculino em 2020.

"Queria te dar os parabéns por esse prêmio, que foi mais do que merecido. Gostaria também de falar que você é um exemplo para todos por causa de seu trabalho e por sua perseverança, jogando no nível máximo por tantos anos. Sou um admirador e lhe desejo o melhor", falou o argentino, que havia vencido o Laureus no ano passado junto com o britânico Lewis Hamilton, heptacampeão mundial de Fórmula 1.

Nadal não foi o único tenista a comemorar na entrega do prêmio na quinta-feira. A japonesa Naomi Osaka foi escolhida a melhor atleta feminina de 2020 e a americana Billie Jean King foi premiada pelo conjunto da obra. Esta foi a segunda vez que o espanhol faturou o prêmio, ficando atrás dos quatro que tem o sérvio Novak Djokovic e dos cinco do suíço Roger Federer.

Para ficar com o prêmio entre os homens, Nadal superou o americano LeBron James (basquete), Hamilton e o polonês Robert Lewandowski (futebol). "Em um momento como esse, significa muito receber esse prêmio. É incrível. Eu tive outros competidores incríveis e eu quero parabenizá-los, todos também merecem muito", afirmou o espanhol.

Nadal e Osaka foram eleitos os melhores atletas do ano passado em cerimônia virtual do Prêmio Laureus, em Sevilha, na Espanha. O evento contou com a participação de nomes lendários do esporte como o jamaicano Usain Bolt (atletismo), Billie Jean King e o português Luis Figo (futebol).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.