Venus desafia Sharapova, de olho na TV

Não é segredo para ninguém que o clima entre as irmãs Williams e Maria Sharapova não é dos mais amistosos. Por isso, o jogo desta quinta-feira entre Venus e a beldade russa, numa das semifinais do WTA Tour de Miami, transformou-se no centro das atenções, e também das provocações. "Enquanto estiver jogando e competindo, não posso achar nenhuma adversária melhor do que eu", disse Venus, referindo-se ao desafio diante de Sharapova. Coincidência ou não, nos últimos encontros de Sharapova diante das Williams, a vitória foi da tenista russa. Na final de Wimbledon do ano passado, derrotou Serena, e nas quartas-de-final de 2004 em Zurique, venceu Venus. "Sei que vai ser um jogo muito difícil, mas melhorei muito meu nível nos últimos meses", cutuca Sharapova, ao comentar sua rivalidade com as irmãs norte-americanas. Aliás, as irmãs Williams estão super badaladas esta semana, com o anúncio da rede de tevê americana ABC, de que as tenistas serão estrelas de um seriado de seis capítulos, a ser exibido a partir de julho. "As pessoas poderão conhecer como é a nossa vida fora das quadras", disse Venus, enquanto Serena pôde justificar com todas as letras a sua frase do início da semana, em que destilou toda sua ironia sobre o sucesso de Sharapova. "Sou uma atriz, estou desenhando modelos para uma nova coleção de roupas, portanto, tenho muita coisa para fazer e não tenho tempo para estar preocupada com Sharapova, ou qualquer outra jogadora." O seriado das Williams ainda não tem nome definido. Por ora seria "Family" e vai falar um pouco da história das duas tenistas que, juntas, conquistaram até agora 11 títulos de Grand Slams, e ambas também lideraram o ranking feminino. Lição - Para chegar a essa semifinal, Maria Sharapova aprendeu mais uma lição na carreira. No seu jogo diante da ex-número 1 do mundo, Justine Henin-Hardene, chegou a estar liderando por 6/1, 5/4 e sacando com 40 a 0, mas permitiu que a partida fosse para o terceiro set, em que venceu por 6/2. "Estava jogando bem até ter os três match points na mão", contou Sharapova. "Sei que é uma questão mental e tinha de pensar positivo naquele momento. É uma coisa fácil de falar, mas difícil de fazer." Enquanto isso, Venus alcançou a semifinal depois de vencer justamente sua irmã mais nova Serena. Foi a primeira vitória depois de seis derrotas seguidas, com placar de 6/1 e 7/6 (8/6). Em outro jogo do feminino, Amelie Mauresmo acabou com as esperanças da revelação croata Ana Ivanovic, ao vencê-la por 6/1 e 6/4. No masculino, a rodada das quartas-de-final terá Roger Federer x Tim Henman e Andre Agassi com Taylor Dent.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.