Toby Melville/Reuters
Toby Melville/Reuters

Venus rejeita aposentadoria após queda em Wimbledon

Ex-número 1 do mundo foi eliminada ainda na primeira rodada do torneio britância, ao perder para a russa Elena Vesnina

AE, Agência Estado

25 de junho de 2012 | 15h29

Dona de cinco títulos de Wimbledon, Venus Williams sofreu nesta segunda-feira a sua prior derrota no Grand Slam britânico. A ex-número 1 do mundo foi eliminada na primeira rodada do torneio londrino ao perder para a russa Elena Vesnina (6/3 e 6/1). Apesar do surpreendente revés, a tenista de 32 anos negou a possibilidade de se aposentar.

"Eu não tenho tempo para sentir pena de mim", disse Venus, que não caía na estreia em Wimbledon desde 1997, quando fez a sua primeira participação no torneio. "Não há nenhuma chance de que eu possa sentar e desistir apenas porque eu tive dificuldades nos primeiros cinco ou seis torneios do meu retorno. Isso não é para mim".

Apesar da decepção pela queda precoce, Venus garante que já pensa na sua participação no torneio de tênis dos Jogos de Londres, que também será realizado em Wimbledon. "Na Olimpíada, você vai me ver aqui", disse. "Eu estou planejando isso".

Venus ficou longo período afastada do tênis entre o fim de 2011 e o começo desta temporada em razão da Síndrome de Sjodren. A norte-americana garante, porém, que pode voltar a jogar em alto nível.

"Eu sinto que sou uma grande jogadora," disse. "Eu sou uma grande jogadora. Infelizmente eu tenho que lidar com circunstâncias que as pessoas não têm de lidar normalmente no esporte, mas não posso desanimar por isso. Eu estou aqui para enfrentar desafios. Eu tenho um grande tênis em mim. Eu só preciso de uma oportunidade".

Tudo o que sabemos sobre:
tênisWimbledonVenus Williams

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.