Veteranos Haas e Hewitt ganham na estreia do Torneio de Delray Beach

Alemão e australiano avançam para a segunda rodada da competição, disputada nos EUA

Agência Estado

18 de fevereiro de 2014 | 19h06

DELRAY BEACH - Tenistas já veteranos, o alemão Tommy Haas e o australiano Lleyton Hewitt estrearam com vitória no Torneio de Delray Beach, nesta terça-feira, nos Estados Unidos. Assim, confirmaram o favoritismo e avançaram para a segunda rodada da disputa em quadra rápida, que distribui US$ 470 mil em prêmios.

Já com 35 anos, Haas ocupa hoje a 12ª colocação do ranking - chegou a ser o número 2 do mundo em 2002 - e entrou em Delray Beach como principal cabeça de chave. Nesta terça-feira, ele ganhou do norte-americano Wayne Odesnik por 6/2 e 6/1, avançando para enfrentar o também local Steve Johnson.

Hewitt, por sua vez, está com 32 anos. Ele chegou a ser o número 1 do mundo em 2001 e hoje ocupa a 38ª posição. Mesmo assim, continua vencendo no circuito. Foi assim nesta terça-feira, quando fez 6/3 e 6/1 no norte-americano Bradley Klahn. Agora, vai enfrentar o seu compatriota Marinko Matosevic.

Em outros resultados do dia em Delray Beach, o sul-africano Kevin Anderson derrotou o norte-americano Tim Smyczek por 4/6, 6/1 e 6/3, o cipriota Marcos Baghdatis venceu o checo Jiri Vesely por 3/6, 6/2 e 6/1 e o israelense Dudi Sela ganhou do russo Alex Bogomolov Jr. por 6/0 e 6/2.

MARSELHA

No Torneio de Marselha, na França, o destaque desta terça-feira foi a estreia vitoriosa do croata Ivan Dodig. Número 34 do mundo, ele derrotou o francês Albano Olivetti por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2, e se classificou para enfrentar o alemão Tobias Kamke.

Também nesta terça-feira, teve vitória do russo Nikolay Davydenko sobre o holandês Igor Sijsling, por duplo 6/4, do francês Edouard Roger-Vasselin sobre o croata Ante Pavic, por 3/6, 7/6 (7/5) e 7/5, e do ucraniano Sergiy Stakhovsky sobre o britânico Daniel Evans, por 3/6, 7/6 (7/4) e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.