João Pires/Vipcomm
João Pires/Vipcomm

Vice-campeão nas duplas, Melo faz avaliação positiva da campanha no Rio

Sem Ivan Dodig, Marcelo Melo e David Marrero acabaram derrotados por colombianos

O Estado de S. Paulo

23 de fevereiro de 2014 | 15h00

RIO - Com a derrota do brasileiro Marcelo Melo e do espanhol David Marrero na final do torneio de duplas masculino, o tênis brasileiro encerrou sua participação no Rio Open sem nenhuma conquista. Mas, apesar de ter perdido a decisão por 2 sets a 0 para os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, o tenista mineiro fez uma avaliação positiva de sua campanha na competição.

"Acho que o resultado foi fantástico. Eu estava jogando a temporada de quadra dura, em Roterdã eu joguei indoor com -5º C, e cheguei aqui para jogar no sol de 35ºC. Fui de um extremo ao outro em poucos dias", explicou Marcelo Melo, logo após a final deste domingo.

O brasileiro costuma formar dupla com o croata Ivan Dodig, mas disputou o torneio carioca ao lado de David Marrero. Os dois se juntaram às vésperas do Rio Open e mal tiveram tempo para se preparar juntos, mas o tenista brasileiro afirmou que é comum fazer treinos com o espanhol em competições fora do País. "Acho que o entrosamento que a gente tem, apesar de não jogar junto, foi fundamental", ponderou.

O brasileiro ainda explicou a decisão de ficar de fora do Brasil Open, que será realizado a partir de segunda-feira em São Paulo. "Eu estava decidindo se iria ou não para Dubai com o Ivan, que é meu parceiro, ou se iria para São Paulo com o Marrero, que vai para Acapulco. Como nós chegamos à final e ela foi marcada para domingo, não daria tempo (de ir a Dubai)."

A semana sem competições, porém, acabou vindo em um bom momento para Marcelo Melo, que quer aproveitar o descanso para se recuperar totalmente da lesão nas costas sofrida durante o Aberto da Austrália, no mês passado. "Hoje acho que estou 85% (da minha condição), mas com esta semana que vou passar em casa acho que vou chegar ao 100%. Sinto um pouco as costas, uns espasmos, mas acho que é normal vindo de lesão", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRio OpenMarcelo Melo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.