Vice em Roland Garros é pego no doping

Finalista no Torneio de Roland Garros em 2005 - quando perdeu para o espanhol Rafael Nadal - o tenista argentino Mariano Puerta apresentou resultado positivo em exame de doping, segundo informa o jornal francês L´equipe em sua edição desta quarta-feira. De acordo com a publicação, o argentino corre risco de ser banido do esporte por ser reincidente. Em 2003, Puerta já havia sido suspenso por uso de substância proibida pela legislação esportiva.O exame de Puerta durante o Aberto da França, teria dado positivo para etilefrina, um medicamento do grupo das fentolaminas, indicado para a hipotensão aguda não grave ou para a hipotensão crônica de causa não orgânica.Cerca de 88% da dose administrada por via intravenosa é eliminada em 96 horas pela urina, e o resto pelas fezes. A substância é incluída como estimulante proibido nos códigos antidoping.Em condições normais, o uso desta substância é punida com dois anos de suspensão, mas, devido à reincidência de Puerta, o tenista pode chegar a ser suspenso definitivamente do tênis profissional.O argentino já sofreu uma suspensão de nove meses, de 1º de outubro de 2003 a 1º de julho de 2004, após seu teste dar positivo para clenbuterol, uma substância proibida que ele teria tomado para combater uma crise de asma durante o torneio chileno de Viña del Mar, em fevereiro de 2003.O tenista acatou a sanção, mas sempre defendeu sua inocência."Continuo dizendo que o meu caso não foi doping, porque tive uma crise de asma e fiquei muito mal. Me receitaram de urgência um remédio que continha uma substância que eu nem sabia que era proibida", alegou na época.Puerta, que atualmente está disputando o Torneio de Tóquio, em que é cabeça-de-chave número um, é o quarto tenista argentino suspenso por doping.Os casos anteriores foram os de Guillermo Cañas, suspenso por dois anos em 2005; Juan Ignacio Chela, suspenso por três meses em 2000; e Guillermo Coria, que tomou um remédio contaminado com nandrolona, em abril de 2001. Além desses três casos, Martín Rodríguez foi advertido em abril de 2002 por excesso de cafeína, mas não foi suspenso.Mariano Puerta ocupa atualmente o nono lugar no ranking de entradas da ATP e é o décimo na Corrida dos Campeões.TORNEIO DE TÓQUIO - Alheio à denúncia, Mariano Puerta disputou nesta quarta-feira a segunda rodada do Torneio de Tóquio e avançou para as oitavas-de-final, ao derrotar o norte-americano Eric Taino por 6-3 e 6-4.?Estou muito chateado com tudo isso e me parece muito estranho, porque até agora não fui comunicado oficialmente nem pela ATP, nem pela federação internacional?, disse Puerta, que na próxima rodada em Tóquio vai enfrentaro cipriota Marcos Baghdatis, que ontem superou o checo Ivo Minar num duplo 6-4.

Agencia Estado,

05 de outubro de 2005 | 09h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.