Kyodo News/AP
Kyodo News/AP

Vinda do quali, tenista do Casaquistão fatura título em Tóquio

Zarina Diyas passa pela japonesa Miyu Kato por 2 sets a 0 e levanta primeira taça de um torneio da WTA

O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2017 | 14h26

Numa final com tenistas vindas do qualifying, a casaque Zarina Diyas levou a melhor sobre a local Miyu Kato e faturou o título do Torneio de Tóquio, neste domingo. Diyas, de 23 anos, venceu a final por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5 para conquistar seu primeiro troféu de nível WTA.

Atual número 100 do mundo, a atleta do Casaquistão surpreendeu a todos ao longo de toda a semana. Após furar o quali, ela derrubou cabeças de chave, como a chinesa Zhang Shuai, a compatriota Yulia Putintseva e a norte-americana Christina McHale, que defendia o título do ano passado, na semifinal.

Por coincidência, em sua segunda final da carreira, Diyas voltou ao país da primeira. Há três anos, ela fez a decisão do Torneio de Osaka. Naquela partida, ela foi batida pela experiente australiana Samantha Stosur.

Miyu Kato, a vice-campeã de Tóquio, tem 22 anos e também buscava o primeiro título de WTA na carreira. Atualmente, é a 171ª do ranking.

Tudo o que sabemos sobre:
TênisTênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.