Gustavo Kuerten/Twitter
Gustavo Kuerten/Twitter

Vinte anos após título, Guga recebe homenagem no Masters 1000 de Roma

Ex-tenista brasileiro ganha troféu antes da vitória de Nadal sobre Djokovic

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2019 | 16h14

O brasileiro Gustavo Kuerten foi o homenageado, neste domingo, na final do Masters 1000 de Roma. O ex-tenista, vencedor do torneio em 1999 e finalista em outras duas ocasiões (2000 e 2001), recebeu um troféu antes da decisão, vencida por Rafael Nadal, e participou da premiação ao espanhol.

A cerimônia, promovida pela Federação Italiana de Tênis, já é uma tradição da competição há 28 anos e serve para celebrar a carreira dos maiores destaques da história do Masters. Ao receber a "Racchetta D'Oro" do ex-tenista italiano Nicola Pietrangeli na quadra central do Foro Itálico, Guga brincou com a torcida presente ao usar o troféu para distribuir bolas de tênis em direção à plateia.

"Receber, na quadra central, o prêmio me fez reviver toda a alegria e energia do circuito novamente. Obrigado à Federação Italiana por esta honra", disse o ex-número um do mundo, referindo-se principalmente à vitória contra o australiano Patrick Rafter por 2 sets a 1, na finalíssima do torneio em 1999.

Após a vitória de Rafael Nadal sobre o sérvio Novak Djokovic por 6/0, 4/6 e 6/1, o catarinense ainda entregou a taça da nona conquista do espanhol em Roma.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    Guga [Gustavo Kuerten]tênis

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.