Wawrinka abandona e Feliciano López segue em Gstaad

O Torneio de Gstaad definiu nesta sexta-feira seus quatro semifinalistas e, como tem sido a tônica do torneio, a zebra deu as caras novamente. Os quatro principais favoritos acabaram fora da briga pelo título, inclusive o suíço Stanislas Wawrinka, que abandonou a partida diante de Feliciano López após sentir dores nas costas. Os tenistas empatavam em 1 set a 1 e o espanhol vencia a parcial de desempate por 4 a 3 quando Wawrinka deixou a quadra.

AE, Agência Estado

26 de julho de 2013 | 15h37

Após pouco mais de duas horas de partida, o cabeça de chave número 2, Wawrinka, sentiu as costas em uma subida à rede, que culminou em uma passada de López. Ele pediu atendimento médico, mas não conseguiu seguir na partida. Melhor para o espanhol, que avançou e pegará agora o holandês Robin Haase. Depois de bater o terceiro favorito do torneio, Janko Tipsarevic, na segunda rodada, Haase eliminou nesta sexta o espanhol Marcel Granollers por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/3 e 7/6 (7/5).

Principal favorito do torneio, Roger Federer já havia sido eliminado na última quarta, e nesta sexta seu algoz, Daniel Brands, caiu. Depois de atropelar o ex-número 1 do mundo, o alemão não foi páreo para o romeno Victor Hanescu, 54.º do ranking, e perdeu por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Outro dos favoritos eliminados foi o argentino Juan Monaco. Nesta sexta-feira, o cabeça de chave número 4 não resistiu ao russo Mikhail Youzhny. Número 33 do mundo e cabeça de chave número 6 da competição, Youzhny sofreu, mas venceu a partida por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 7/6 (9/7), em pouco mais de duas horas e meia de jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.