Alessandro Tarantino/ AP
Alessandro Tarantino/ AP

Wawrinka derruba Nadal em Roma e pega Federer na semifinal

Tenista espanhol é eliminado no saibro, seu piso preferido

Estadão Conteúdo

15 de maio de 2015 | 19h09

No reencontro dos finalistas do Aberto da Austrália de 2014, o suíço Stan Wawrinka voltou a vencer o espanhol Rafael Nadal nesta sexta-feira, pelas quartas de final do Masters 1000 de Roma. Desta vez, Nadal não estava machucado e foi derrubado no saibro, seu piso preferido, em sets diretos, pelo placar de 7/6 (9/7) e 6/2. Na semifinal, o suíço vai encarar o compatriota Roger Federer.

Wawrinka e Nadal, dono de 7 títulos em Roma, fizeram um dos melhores jogos da competição. O suíço impôs forte ritmo desde o início, pressionando o saque do rival a cada ponto. Obteve, assim, quatro quebras de saque, duas em cada set. Nadal, longe de repetir as atuações dos últimos anos no saibro, precisou correr para acompanhar o nível do adversário.

O primeiro set foi marcado pelo equilibrado. Cada tenista faturou duas quebras, se alternando na liderança do placar. E o duelo precisou ser definido no tie-break. Nadal, então, começou melhor e teve três set points. Mas, para surpresa dos fãs, desperdiçou todas as chances, diante do maior volume de jogo do rival. Wawrinka se defendeu bem, salvou os set points e venceu a primeira parcial.

Mais confiante, o suíço quebrou o saque de Nadal no terceiro game do segundo set e abriu 2/1. Sem conseguiu igualar o ritmo do adversário, o espanhol lutava como podia. Chegou a ameaçar o saque de Wawrinka em cinco oportunidades, mas ele salvou todos os break points. O suíço faturou mais uma quebra e, mesmo pressionado, venceu seu game de saque no fim e fechou a partida, após 2h05min.

Foi apenas a segunda vitória de Wawrinka sobre Nadal - a primeira foi justamente a final do Aberto da Austrália. O espanhol acumula 12 triunfos sobre o adversário. Sem empolgar neste ano, o "Rei do Saibro" sofreu sua quinta derrota no piso favorito neste ano. Para efeito de comparação, ele perdeu apenas três partidas na terra batida durante toda a temporada 2014.

Enquanto Nadal foca sua atenção na preparação para Roland Garros, Wawrinka sonha com nova final em Roma - perdeu de Novak Djokovic na decisão de 2008. Para tanto, terá que superar um conhecido rival e amigo neste sábado. Roger Federer superou o checo Tomas Berdych para avançar à semifinal.

O confronto deste sábado será o primeiro desde a polêmica partida disputada na semifinal do ATP Finals, em Londres, em novembro do ano passado. Aquele jogo ficou marcado pelas provocações da esposa de Federer, Mirka, a Wawrinka durante a partida. Ela chamou o rival do marido de "bebê chorão" quando ele reclamou de uma marcação do árbitro.

O atrito entre os suíços precisou ser superado rapidamente porque na semana seguinte eles se uniram para defender o país na final da Copa Davis. Contra a França, Federer e Wawrinka jogaram a partida de duplas e os dois confrontos de simples, faturando o título pela primeira vez.

No retrospecto direto, Federer lidera com folga. Tem 15 vitórias e apenas duas derrotas, a última delas na final de 2014 do Masters de Montecarlo, também disputado no saibro.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.