Wawrinka desiste e Tsonga encara Kohlschreiber na semifinal de Metz

Em duelo de tenistas da casa em Metz, Jo-Wilfried Tsonga suou mais do que esperava para vencer o compatriota Nicolas Mahut em três sets, com parciais de 6/7 (6/8), 6/3 e 7/5, nesta sexta-feira. Um dos favoritos ao título, Tsonga garantiu vaga na semifinal do torneio francês, disputado em quadra dura e de nível ATP 250.

Estadão Conteúdo

25 de setembro de 2015 | 17h02

Depois da vitória sofrida, ele deve ter um caminho menos complicado em busca da decisão. Antes de sua partida, o suíço Stan Wawrinka desistiu da competição, alegando uma torção no tornozelo. E, com a desistência do cabeça de chave número 1, o alemão Philipp Kohlschreiber avançou com facilidade na chave e se credenciou para o confronto com o tenista da casa.

Contra o alemão, Tsonga tem amplo domínio no retrospecto. Venceu sete dos oito confrontos entre os dois no circuito profissional. O francês busca o tricampeonato em Metz. Se confirmar o favoritismo sobre Kohlschreiber, terá pela frente na final o compatriota Gilles Simon ou o eslovaco Martin Klizan.

Simon, segundo cabeça de chave, avançou ao superar Gilles Müller, de Luxemburgo, por duplo 6/4. Klizan, por sua vez, eliminou o espanhol Guillermo Garcia-López por 4/6, 6/3 e 7/6 (7/4).

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de MetzTsongaWawrinka

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.