Wawrinka e Gasquet estreiam com vitória em Wimbledon

Campeão no saibro de Roland Garros, o suíço Stan Wawrinka estreou com vitória na grama de Wimbledon, nesta segunda-feira. Com menos facilidade do que se esperava, ele superou o português João Sousa em sets diretos, com parciais de 6/2, 7/5 e 7/6 (7/3).

Estadão Conteúdo

29 de junho de 2015 | 17h37

Na segunda rodada, o quarto cabeça de chave em Londres terá pela frente o dominicano Victor Estrella Burgos, que avançou na chave ao superar nesta segunda o alemão Benjamin Becker por 5/7, 6/1, 6/4 e 6/4.

Também fizeram boas estreias o búlgaro Grigor Dimitrov, 11º cabeça de chave, e o francês Richard Gasquet, 21º. Dimitrov chegou a aplicar um "pneu" no argentino Federico Delbonis ao vencê-lo por 6/3, 6/0 e 6/4. Gasquet derrotou o australiano Luke Saville por 6/3, 6/2 e 6/2.

O espanhol Fernando Verdasco e o alemão Tommy Haas tiveram mais trabalho. O tenista da Espanha bateu o eslovaco Martin Klizan em cinco sets: 4/6, 6/2, 6/3, 6/7 (5/7) e 13/11. O veterano Haas, de 37 anos, se tornou um dos tenistas mais velhos a vencer uma partida em Wimbledon ao eliminar o sérvio Dusan Lajovic, por 6/2, 6/3, 4/6 e 6/2.

Também avançaram nesta segunda o argentino Juan Monaco, o norte-americano Steve Johnson, o cipriota Marcos Baghdatis, o turco Marsel Ilhan e o alemão Alexander Zverev.

FEMININO - Duas "bicicletas" marcaram a rodada feminina nesta segunda-feira. A norte-americana Venus Williams e a alemã Andrea Petkovic arrasaram suas adversárias, sem ceder um game sequer nesta rodada de abertura do Grand Slam britânico.

Venus aplicou a "bicicleta" na compatriota Madison Brengle. O placar de 6/0 e 6/0 se repetiu no duelo de Petkovic contra a também americana Shelby Rogers. Em confronto de italianas, Sara Errani eliminou Francesca Schiavone pelo placar de 6/2, 5/7 e 6/1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.