Wawrinka sofre, mas estreia com vitória em Gstaad

O suíço Stanislas Wawrinka tinha todo o favoritismo ao seu lado diante de Daniel Gimeno-Traver, na sua estreia pelo Torneio de Gstaad, na Suíça. Cabeça de chave número 2 e com a torcida ao seu lado, o tenista número 10 do mundo, no entanto, teve muito trabalho para vencer o espanhol, 62.º do ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/4).

AE, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 15h00

Wawrinka contou com os 12 aces e as oito duplas faltas do adversário para chegar à vitória, além de ter sido mais decisivo nos momentos decisivos. Depois de folga na primeira rodada, o suíço avançou à terceira, na qual terá pela frente outro espanhol: Feliciano Lopez, cabeça de chave número 5.

Lopez também conseguiu a classificação nesta quarta-feira, depois de passar pelo russo Andrey Kuznetsov, número 82 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Em três partidas contra Wawrinka, o espanhol leva desvantagem, tendo perdido duas.

Outro confronto de terceira rodada definido nesta quarta-feira acontecerá entre o argentino Juan Monaco e russo Mikhail Youzhny. Monaco não teve trabalho para bater Guillermo Garcia-Lopez por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, enquanto Youzhny suou, mas passou por outro espanhol, Pablo Andujar, por 2 a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.