Noushad Thekkayil / EFE
Noushad Thekkayil / EFE

Wozniacki mantém ponta do ranking, mas a perderá para Halep na semana que vem

Nenhuma das duas irá disputar torneio de Budapeste, e perda de pontos do torneio de 2017 afetará mais a dinamarquesa

Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2018 | 12h54

A dinamarquesa Caroline Wozniacki levou a melhor na disputa direta pela ponta do ranking da WTA ao ir mais longe do que a romena Simona Halep no Torneio de Doha, na semana passada, mas a manutenção da liderança vai durar pouco. Isso porque a atual número 1 do mundo perderá esta condição para a rival já na próxima atualização, na segunda-feira que vem.

+ Rio Open começa nesta segunda e ganha cara de festival da família

+ Líder, Federer começa a ampliar recorde do topo da ATP; Dimitrov assume 4º lugar

Na lista divulgada nesta segunda, Wozniacki aparece na primeira colocação, com 8.010 pontos, apenas 45 à frente de Halep. Nesta semana, nenhuma das duas estará em quadra, já que não participarão dos torneios de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e Budapeste, na Hungria, o que será benéfico para a romena.

Wozniacki teria a defender os pontos do vice-campeonato do ano passado em Dubai. Como não estará em quadra, os perderá automaticamente. Já Halep não participou de nenhuma destas competições em 2017, portanto, não tem pontos a defender, o que significa que seguirá com 7.965 na semana que vem e, assim, aparecerá na liderança.

Desta forma, Halep reassumirá a ponta do ranking mesmo estando lesionada. Afinal, desistiu de jogar a semifinal do Torneio de Doha, na semana passada, por um problema no pé direito. Ela reconquistará a posição que havia perdido justamente para Wozniacki ao cair diante da adversária na decisão do último Aberto da Austrália.

Finalista em Doha, Garbiñe Muguruza ganhou uma posição e aparece em terceiro na nova atualização do ranking. A espanhola subiu para 6.175 pontos com o vice, deixando para trás a ucraniana Elina Svitolina, que parou nos 5.910 e agora é a quarta colocada.

Já a campeã de Doha, Petra Kvitova, teve confirmado o retorno ao Top 10 da WTA. A tenista deixou a 21.ª colocação e aparece agora na décima, com 3.086 pontos, tirando da lista das dez primeiras a alemã Julia Goerges, agora 11.ª, com 2.910. Trata-se de um grande feito para a checa que ficou longos meses afastada do tênis após ser esfaqueada na mão em um ataque à sua residência.

Entre as brasileiras, a número 1 do País, Bia Haddad Maia, ganhou uma posição nesta segunda-feira e aparece agora em 58.º, com 946 pontos. Já a segunda melhor tenista do Brasil é apenas a 389.ª colocada: Laura Pigossi, com 99 pontos. Gabriela Cé (405.ª), Nathaly Kurata (431.ª) e Teliana Pereira (442.ª) são as outras entre as 500 primeiras.


Confira o ranking atualizado da WTA:

1) Caroline Wozniacki (DIN), 8.010 pontos

2) Simona Halep (ROM), 7.965

3) Garbiñe Muguruza (ESP), 6.175

4) Elina Svitolina (UCR), 5.910

5) Karolina Pliskova (RCH), 5.080

6) Jelena Ostapenko (LET), 5.000

7) Caroline Garcia (FRA), 4.625

8) Venus Williams (EUA), 4.277

9) Angelique Kerber (ALE), 3.220

10) Petra Kvitova (RCH), 3.086

11) Julia Goerges (ALE), 2.910

12) Johanna Konta (GBR), 2.875

13) Sloane Stephens (EUA), 2.813

14) Kristina Mladenovic (FRA), 2.775

15) Madison Keys (EUA), 2.703

16) Anastasija Sevastova (LET), 2.585

17) Ashleigh Barty (AUS), 2.486

18) Coco Vandeweghe (EUA), 2.433

19) Magdalena Ribarikova (ESQ), 2.405

20) Svetlana Kuznetsova (RUS), 2.362

58) Beatriz Haddad Maia (BRA), 946

389) Laura Pigossi (BRA), 99

405) Gabriela Cé (BRA), 91

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.