Karim Jaafar/AFP
Karim Jaafar/AFP

Wozniacki vai à semi e se garante no topo com desistência de Halep

Dinamarquesa superou alemã Angelique Kerber, enquanto romena abandonou após vencer Catherine Bellis

Estadão Conteúdo

16 de fevereiro de 2018 | 17h26

A dinamarquesa Caroline Wozniacki alcançou a semifinal do Torneio de Doha e garantiu a manutenção da liderança do ranking da WTA ao fim da competição. Nesta sexta-feira, a número 1 do mundo ficou mais próxima do título ao derrotar a alemã Angelique Kerber e ainda pôde comemorar a desistência da vice-líder, a romena Simona Halep, por contusão.

+ Thiago Monteiro ganha convite e entrará direto na chave principal do Rio Open

A primeira a entrar em quadra nesta sexta foi Halep. A cabeça de chave número 2 do torneio tinha pela frente a norte-americana Catherine Bellis, 48.ª do ranking e que veio do qualifying. E a romena não teve trabalho para vencer por 2 sets a 0, com direito a "pneu" e parciais de 6/0 e 6/4.

Halep teria pela frente nas semifinais a espanhola Garbiñe Muguruza, quarta cabeça de chave, que passou em três sets pela francesa Caroline Garcia: 3/6, 6/1 e 6/4. Mas ela não resistiu às fortes dores no pé direito que vinham a incomodando ao longo de todo o torneio. Logo após derrotar Bellis, a romena anunciou sua desistência da competição.

"Estou surpresa por ter conseguido jogar três partidas e vencido elas. Senti dores todos os dias, então não foi fácil administrar. Eu não tive muito tempo para me recuperar antes do torneio, mas hoje foi demais, decidi parar. Os exames mostraram que tenho fluido e também tendinite no quarto dedo. Então, decidi me cuidar e pensar primeiro na minha saúde", explicou.

Com a desistência, Muguruza avançou diretamente à decisão em Doha, mas Halep ainda tinha chance de assumir a ponta do ranking. Para isso, precisava torcer por uma derrota de Wozniacki nas quartas de final. Mas a dinamarquesa venceu o suado duelo com Kerber por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 1/6 e 6/3.

Wozniacki teve muito trabalho diante da ex-número 1 do mundo e oitava cabeça de chave em Doha e precisou de 2h20min de jogo para fechar. Depois de vencer um primeiro set equilibrado e ser atropelada no segundo, a dinamarquesa viu Kerber obter uma quebra logo no início da parcial de desempate, mas manteve a calma para buscar a virada.

Com o resultado, Wozniacki manteve-se viva na briga pelo título. Agora, nas semifinais, vai encarar a vencedora do duelo entre a alemã Julia Goerges, nona cabeça de chave, e a checa Petra Kvitova, 16.ª favorita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.