Wozniacki vence croata na estreia em Tóquio e vai enfrentar Kerber

Cabeça de chave número 1 e atual vice-campeã, a dinamarquesa Caroline Wozniacki abriu bem a sua participação no Torneio de Tóquio, este de nível Premier depois de a capital japonesa ter recebido na semana passada uma competição de nível International, de menor status no circuito profissional, e avançou às quartas de final.

Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2015 | 09h36

Nesta quarta-feira, a número 6 do mundo derrotou a croata Ana Konjuh, 68ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com um duplo 6/2, em 1 hora e 22 minutos. Wozniacki converteu cinco de nove break points e perdeu o seu saque apenas uma vez, o que foi suficiente para assegurar o seu triunfo.

Nas quartas de final, Wozniacki terá pela frente a alemã Angelique Kerber. A número 9 do mundo superou nesta quarta a norte-americana Madison Brengle por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/1 e 6/0, em 1 hora e 35 minutos, ainda que tenha cometido quatro duplas-faltas no duelo. Ela perdeu o seu saque três vezes, mas conseguiu sete quebras de serviço diante de Brengle.

A espanhola Garbiñe Muguruza, número 8 do mundo, bateu a checa Barbora Strycova, 40ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1 hora e 45 minutos. A vice-campeã de Wimbledon vai enfrentar a suíça Belinda Bencic, número 15 do mundo, que derrotou a australiana Samantha Stosur por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/3 e 6/4.

SEUL - No Torneio de Seul, dois duelos das quartas de final também foram definidos nesta quarta-feira. A eslovaca Anna Karolina Schmiedlova (31ª colocada no ranking) passou pela norte-americana Christina McHale (6/2, 4/6 e 6/3) e agora vai encarar a alemã Mona Barthel (47ª), que superou a Mariana Duque (6/2 e 6/1).

A belga Alison Van Uytvanck (58ª) bateu a checa Katerina Siniakova (6/3, 1/6 e 7/6) e vai medir forças com a sueca Johanna Larsson (62ª), que passou pela alemã Julia Goerges (7/5 e 6/4).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.