Kimisama Yama / EFE
Kimisama Yama / EFE

Wozniacki vence de virada na estreia em Tóquio e encara Cibulkova

Konta é eliminada; Caroline Garcia derrota japonesa e será próxima adversária de Muguruza

Estadão Conteúdo

21 de setembro de 2017 | 09h51

A dinamarquesa Caroline Wozniacki precisou de uma virada para começar com vitória a defesa do seu título do Torneio de Tóquio. Nesta quinta-feira, a número 6 do mundo avançou no evento japonês ao superar a norte-americana Shelby Rogers, a 59ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/4, em 2 horas e 1 minuto.

Esse foi o terceiro duelo entre elas, sendo o segundo vencido por Wozniacki. Para isso, a dinamarquesa converteu cinco de 13 break points e perdeu o seu saque em três oportunidades, o que acabou sendo suficiente para assegurar a sua passagem às quartas de final do Torneio de Tóquio.

Na próxima fase, Wozniacki terá pela frente a eslovaca Dominika Cibulkova, número 9 do mundo, que nesta quinta venceu fácil, por duplo 6/2, a checa Katerina Siniakova, 50ª colocada no ranking. A dinamarquesa está em vantagem no confronto direto com Cibulkova, com nove triunfos e quatro derrotas.

Também nesta quinta-feira, a britânica Johanna Konta, número 7 do mundo, deixou a competição japonesa ao perder para a checa Barbora Strycova, 25ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/5). Essa foi a primeira vitória de Strycova em sete jogos com Top 10 em 2017. Sua rival em busca de uma vaga nas semifinais vai ser a russa Anastasia Pavlyuchenkova.

A francesa Caroline Garcia, número 20 do mundo, superou a japonesa Kurumi Nara (114ª) por 6/1 e 6/3. Agora ela terá pela frente a espanhola Garbiñe Muguruza, a número 1 do mundo. O outro confronto das quartas de final do Torneio de Tóquio já estava definido e será entre a checa Karoline Pliskova e a alemã Angelique Kerber.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.